OBS: Este texto é MUITO grande. Para facilitar sua navegação em dispositivos móveis, aqui está um link extra para o final da página: (Ir para o final – espere a página carregar por completo)

Bom dia Folks,

Como postei há um tempo no BoB, deixei o Brasil e eu estou vivendo em Portugal (com a Sra. Portuga) há pouco mais de um ano. Como muitos colegas colocaram perguntas sobre documentação / custo de vida / empregos, decidi escrever um texto para tentar passar um pouco das minhas experiências e informações sobre o processo. Espero que elas sirvam como um impulso para aqueles que tem a vontade de seguir o mesmo caminho – seja esse impulso no sentido de reforçar a vontade ou de desistir da ideia.

O texto aqui é mais sobre Portugal. Para alguns outros países da Europa, a maior parte das coisas não é muito diferente.

Andei conversando bastante com um amigo que está trabalhando como engenheiro na Toscana (Itália). O que ele descreve de lá é parecido com o que enfrentei aqui, principalmente quanto a salários, aluguel, custo de vida, etc.

Antes de começar, há muitos sites que falam sobre esse processo de mudança para outro país, e a vida no país de destino. Em Portugal, cito dois exemplos:

Há dezenas de sites como estes na internet. Um Google rápido e você os encontra. Quando definir o país de destino, sugiro buscar sites do gênero e dar uma lida a fundo em tudo o que conseguir.

Para começar, por que Portugal?

Isso depende muito de cada um, e do momento da vida em que estamos. Pode ser pela facilidade da língua, se você está aposentado, quer se mudar do Brasil e não fala outra língua além do Português. Ou, assim como eu, pode-se ter ascendência portuguesa, que te permita ter a cidadania de portuguesa.

Facilidade para obter vistos? Custo de vida? Por que está na moda? São vários os motivos possíveis. Nesse texto, parto do pressuposto que a resposta acima já está claramente respondida, e que se tenham vários bons motivos que te façam querer vir morar na Terrinha.

Parte 1 – Antes da mudança para Portugal

1) O que vale a pena fazer aqui no Brasil antes de ir para Europa? O que você fez antes aqui no Brasil que fizeram a diferença e o que você não fez antes de ir mas quando chegou ai sentiu que teria sido melhor se tivesse feito no Brasil antes de sair?

O primeiro, e mais importante passo a fazer ainda no Brasil, é referente à documentação.
Há várias formas de se morar legalmente em Portugal (ou qualquer país da Europa): ser cidadão daquele país, ser cidadão de outro país europeu, ser um brasileiro aposentado, um investidor, um estudante… um pequeno resumo sobre as possibilidades estão listadas aqui: https://www.jafezasmalas.com/6-formas-de-morar-legalmente-em-portugal/

O importante é entender exatamente onde você e sua família melhor se encaixam e estudar a fundo tudo o que é necessário para que todos possam viver legalmente por aqui, seja na Itália ou em qualquer outro país.

No caso de cidadania (vou falar sobre Portugal): Toda a família tem (ou terá) a cidadania? Caso apenas um tenha, foi feita por atribuição ou por naturalização (no primeiro caso, é possível passar a cidadania ao cônjuge… no segundo não). Enfim… são muitas as informações a se considerar, e deve-se estudar a fundo a sua situação e os detalhes de cada caso. O site do consulado português no Brasil tem 99% das informações que se possa precisar, e em caso de dúvida uma ligação para o consulado resolve a situação. Acredito que para o Italiano ocorra o mesmo.

Depois de saber qual a sua situação, levante todos os documentos necessários e faça tudo o que for possível ainda do Brasil, através do consulado. Isso porque a burocracia em Portugal não é muito diferente da que conhecemos do BR, e os tempos de espera nos serviços de estrangeiros estão ridiculamente longos. Isso é válido, principalmente, para obtenção de cidadania e vistos. Pelo que ouvi falar, na Itália não parece ser muito melhor…

Como exemplo, precisamos solicitar um visto de residente para a minha esposa (eu tinha a cidadania, mas ela não).

Saímos do BR com TODOS os documentos possíveis, faltando apenas agendar a entrevista no serviço de estrangeiros em Lisboa. Ligamos para agendar o atendimento no primeiro dia em que pisamos em Portugal e tivemos a data agendada para dali a 7 meses (4 meses depois do prazo máximo para ficar como turista). Não havia como contornar isso, e durante alguns meses, ela acabou por ter de andar com uma cacetada de documentos (passaporte, certidão de casamento, comprovante de agendamento para a solicitação de visto, etc.).

Outro documento importante que se pode precisar é a equivalência de diplomas. Para trabalhar aqui, me pediram o diploma Brasileiro, e foi aceito. No entanto, minha esposa precisou da equivalência do diploma de mestrado dela (ela é Bióloga e trabalha com pesquisa). Levamos meses aí no Brasil para levantar toda a documentação e demos a entrada no processo pelo correio. Levou mais de um ano para que a equivalência saísse (já estávamos aqui).

Parte 2 – Empregos em Portugal

2.1) Qual é a melhor forma de tentar achar emprego na Europa? É melhor começar a procurar de antemão no Brasil? Ou quando já estiver na Europa? Por site de recrutamento? Linkedin? Tem algum macete ou dica? No geral, daqui parece ser difícil conseguir um emprego. Como é realmente aí na Europa?

Desde que decidimos nos mudar para cá, iniciamos a busca por empregos ainda do Brasil (via sites de recrutamento). Tivemos pouquíssimas respostas. Foi quando chegamos aqui e tínhamos um número de celular e um endereço de Lisboa para colocar no CV que as respostas começaram a brotar.

Comecei procurando em sites de recrutamento (em Portugal, há o net-empregos.pt , por exemplo). Respondi a muitos anúncios que me levaram a ter contato (entrevistas) com empresas de recrutamento (Hays, Michael Page, Randstad, ManPowerGroup, etc). Meu CV acabou ficando na base de dados dessas empresas, que começaram a me chamar para algumas outras vagas (algumas sequer apareciam nos sites). Declinei algumas muito ruins, e aceitei a primeira decente que consegui, na PSA.

Ao longo de todo o processo, mantive o Linkedin atualizado. Tive propostas por lá para alguns empregos. Em especial, um muito bom na Inglaterra (que declinei porque queria morar em Portugal até minha esposa obter a cidadania daqui). Mais tarde, quando já estava trabalhando na PSA, a ManPower me encontrou no Linkedin e me chamou para uma entrevista. Foi quando consegui meu emprego atual – a mesma função que tinha no BR.

Acho mesmo muito difícil de conseguir um emprego ainda do Brasil. De qualquer forma, sugiro que montem o CV no padrão usual por aqui (link abaixo) e envie para algumas vagas que encontrar – ao menos já conseguem sentir um pouco o mercado.
https://europass.cedefop.europa.eu/pt/documents/curriculum-vitae

2.2) E estando por aqui… a coisa fica mais fácil?

Bom… Portugal está passando por uma transformação interessante nos últimos anos. Dado o (ainda) baixo custo de vida e os baixos salários (quando se comparado com o resto da zona do Euro), muitas empresas estão trazendo para Lisboa ou Porto alguns escritórios de outros países da Europa – desde call center até trabalhos mais específicos, como contabilidade, administração de RH, procurement, marketing, etc.

Além disso, as relações de trabalho estão bastante flexíveis (como consequência da crise de 10 anos atrás). O que isso quer dizer? Que uma empresa pode contratar um funcionário por tempo certo (3 meses; 6 meses; 1 ano) e não renovar o contrato com ele se no final, sem qualquer multa. Da mesma forma, o funcionário também pode optar por não renovar o contrato.

Isso faz com que as empresas não tenham medo de contratar ao menor sinal de necessidade: mesmo que as vendas caiam num futuro próximo, a relação laboral será encerrada sem custos e sem dor de cabeça. É nesse processo, também, que as empresas aproveitam para fazer uma limpeza no quadro de funcionários. Ficam os que dão resultados, vão embora os que não trabalham bem, e abre-se a oportunidade de contratação para outros funcionários (os quais, espera-se, serão mais produtivos que os anteriores).

A soma desses fatores está gerando oportunidades de emprego – isso é um fato. Não sei dizer até quando isso vai durar, mas é a realidade atual.

“Caramba! Parece fácil! Vou agora mesmo pra Portugal pegar um emprego pra mim!”
Calma, jovem! As coisas não são assim tão fáceis… Vou listar aqui alguns fatores complicadores:

a) Preconceito contra o estrangeiro
Embora menor nas gerações mais novas, ainda é bastante presente na sociedade em geral. O português tende a ser fechado, e tem dificuldades em aceitar um brasileiro como colega de trabalho. Se não tiver nenhuma experiência profissional em Portugal, fica muito difícil ser aceito num emprego. Isso leva à…

b) Dificuldade em conseguir o primeiro emprego
Imagine a situação: Está em suas mãos a contratação de um profissional, para trabalhar com você em São Paulo (por exemplo). Você tem duas opções igualmente habilitadas e com a experiência necessária para o cargo: um candidato Brasileiro, que mora e trabalha em São Paulo há 5 anos, ou um cidadão de Angola, que acabou de chegar no Brasil e busca uma colocação profissional. Quem você escolheria?

Para escolher o angolano, há muitos riscos… será que ele não vai desistir rapidamente e voltar para Angola? Será que a exigência no trabalho em Angola é tão intensa como aqui? Será que a formação acadêmica que ele teve é boa como a nossa?

A situação é parecida em Portugal. Ou seja, para conseguir um primeiro emprego, a melhor estratégia é estar acima dos demais candidatos para que o risco valha a pena.

Para o meu primeiro emprego aqui, eu tinha um nível de experiência acima dos meus colegas e estava pedindo um salário ligeiramente inferior. Eu valia o risco, e por isso fui aceito.
Depois de 6 meses de contrato, me ofereceram para permanecer na empresa, aumentando meu salário… mas eu já tinha conseguido o outro emprego (muito melhor), e saí da empresa (provavelmente só consegui esse segundo emprego porque já era um risco muito menor… estava estável, trabalhava em uma multinacional em Portugal, etc).

c) Línguas
Apesar de estarmos muito acima da média no Brasil quando falamos 3 idiomas, isso é “normal” por aqui. Em geral, é comum as pessoas terem proficiência em pelo menos mais um idioma além do inglês, sendo o espanhol e o francês como os mais comuns.
Ou seja, somos apenas “mais um” na multidão

Em resumo: não será fácil para conseguir um emprego. Tenha isso em mente. Considere, também, que para vencer a concorrência no primeiro emprego é provável que tenha que se submeter a um salário inferior ao que seria o justo. Porém, basta mostrar um bom trabalho que as coisas podem melhorar no futuro.

Eu levei quase 6 meses para conseguir o primeiro emprego, o qual tinha um salário inferior ao que eu imaginava receber (era de 900 EUROS brutos mensais). No entanto, foi a porta de entrada que eu precisava para que outras se abrissem…

3) Qual é uma media de salário para formados, com experiência, 3 idiomas, etc…?

Depende de uma série de fatores (experiência, área de formação, setor de atuação, porte da empresa, região geográfica, benefícios como vale alimentação, etc).

Como primeira informação, e para comparação com o Brasil:

Salário mínimo no Brasil: ~R$965,00 (Bruto); Salário médio no Brasil: ~R$2500,00 (Bruto)
Salário mínimo em Portugal: ~580€ (Bruto); Salário médio em Portugal: ~1100€ (Bruto)

Mas, como essa informação não vale muita coisa, tentei estimar os salários praticados por aqui, baseando minha estimativa na observação de todos os empregos que vi e que me candidatei nos últimos 12 meses. De uma forma resumida, esses são os valores estimados (por mim) para salários (brutos) em 2018:

– 580€ Salário Mínimo (baixa escolaridade e/ou informalidade)
– 700€ (salário inicial para quem tem estudo mas não tem experiência);
– 1000€ (profissional com pouco estudo, já com alguma experiência e em emprego OK);
– 1500€ (experiente / com estudo e com emprego OK);
– 1700€ (experiente / com estudo em um bom emprego);
– 2000€ (experiente / com estudo e num ótimo emprego);
– 2500€ (supervisor / coordenador);
– 3500€ (gerente);

De forma a complementar a informação, segue o meu exemplo. Para o mesmo cargo no Brasil e Portugal, em empresas de porte parecido:

Salário no BR: R$8000,00
Salário em Portugal: 1900 EUR

Esses valores que mencionei são todos brutos. Os descontos são parecidos com os do BR (INSS 11% e IR progressivo). Para o cálculo exato, pode-se utilizar um simuladore online:
https://www.economias.pt/calculo-do-salario-liquido/

Do meu salário aqui, sobram líquidos cerca de 1350 EUR por mês.

Parte 3 – Custos de vida em Portugal

4) Qual é o custo de vida englobando apenas o básico, como aluguel, comida, saúde, transporte? Quanto fica tudo isso, por mês, para duas pessoas?

Há diversos sites que dão valores e estimativas de quanto se gasta para morar em Lisboa (basta ver no Google e vai encontrar ao menos uma dezena deles). Nenhum está certo, e nenhum está errado: todos valem apenas como referência, já que os padrões de consumo de cada um de nós são muito diferentes.

Para que se tenha alguma base de referência, listo abaixo uma relação dos valores mensais de cada um dos “tipos de gastos” que costuma-se ter. Os valores são mensais, válidos para Lisboa. Além das estimativas, tentei fazer uma comparação entre os meus gastos reais aqui com o que eu costumava gastar no BR. Assim, acredito que será mais fácil para você conseguir visualizar melhor os valores e fazer as suas próprias contas.

a) Aluguel
A partir de: 600 EUR (apto 1 quarto, antigo, a pelo menos 1,5km de uma estação de metrô)
Até: 1000 EUR (apto 2 quartos, novo ou reformado, bem localizado);
Quem quiser dar uma olhada melhor: https://www.idealista.pt/

Meu caso: Morava em Campinas / SP, num apartamento de 1 quarto em bom estado e bem localizado. Aluguel de R$1250,00, com condomínio de R$500,00. Apartamento similar em Lisboa (um pouco maior e mais novo): 830 EUR (condomínio incluso).

b) Contas da casa
Luz, água, gás: Depende dos equipamentos que se tem em casa, e se são elétricos ou a gás (forno, fogão, aquecedor de água, etc). 75 EUR é uma boa média para a soma.
No BR, meus gastos mensais eram em torno de R$100,00, na soma.

c) Internet / TV / Celular
Pacote com 200 canais de TV e 120mB de NET: 50 EUR
1 Celular com 1gB de dados + 1000 minutos para quaisquer ligações: 18 EUR

Meu caso: Sempre fui extremamente econômico com essas coisas, muito diferente do que a média do pessoal. Celular pré pago, TV com os canais mínimos e internet apenas o suficiente para ter Netflix HD. No Brasil, isso tudo me saía por R$120,00 mensais. Em Portugal, 30 EUR, para o casal.

d) Alimentação
Desde o Brasil, eu e a esposa comíamos 95% das vezes em casa. Inclusive, hoje fazemos comida em casa para levar como marmita para o trabalho (pratica muitíssimo comum em Lisboa). Nossos gastos de mercado, já incluindo itens de limpeza, higiene pessoal, etc, giram em torno de 250EUR.

Com padrão de consumo similares no BR, o gasto com mercado era em torno de R$1000,00

Idas a restaurantes / bares / cafés não estão computadas nesse valor. Isso é bastante pessoal e cabe a cada um fazer a sua análise. De uma forma geral, os preços são similares aos do BR, e uma conversão simples (dividir o valor gasto hoje em reais por 4) já ajuda a dar uma boa noção de quanto vai se gastar em euros.

e) Transporte Público
Funciona muito bem para os padrões brasileiros. Uso apenas o transporte público no dia a dia, deixando o carro para finais de semana ou dias como hoje (em que houve greve dos trabalhadores dos trens).

Passe mensal ilimitado para metrô e ônibus em Lisboa: ~36 EUR (por pessoa)
No caso de se morar nas cidades da grande Lisboa, pode ser necessário pegar o trem. O passe mensal que abrange o trem + metrô + onibus custa ~70EUR (por pessoa)

f) Saúde
O SNS (“SUS” de Portugal) atende brasileiros que tenham o formulário PB-4, por 12 meses após a sua emissão (http://porto.itamaraty.gov.br/pt-br/atestado_de_direito_a_assistencia_medica_%28pb-4%29.xml). Morando legalmente aqui, pode-se utilizar o sistema de saúde normalmente.

No entanto, apesar de “menos pior” que o SUS, ele tem uma série de problemas e limitações, fazendo-se necessário ter um seguro de saúde para ter um atendimento de qualidade. Diferentemente do Brasil, mesmo com o seguro paga-se a cada procedimento (consultas, exames, etc), de acordo com uma tabela de preços. Assim, o custo mensal vai variar de acordo com o uso de cada um. Alguns exemplos:

Mensalidade: Entre 20EUR e 70EUR (a depender do nível de cobertura).
Consulta: 15EUR
Exame de sangue: 5EUR
Raio-X: 20EUR
Tomografia: 75EUR

Meu caso: A empresa em que trabalho fornece a mensalidade de um seguro de saúde como benefício, de forma que pago apenas cada consulta e exames. No entanto, a minha esposa não entra no benefício, e fizemos um plano à parte para ela. Em média, foram 50EUR por mês, apenas para ela, entre mensalidade, consultas e exames. Para mim (que raramente vou a médicos), minha média ficou em menos de 10EUR mensais (desconsiderando a mensalidade, a qual é “gratuita”).

g) Carro
Gasolina: 1,55 EUR / L
Seguro: Não há um seguro obrigatório (DPVAT), mas é obrigatório ter um seguro privado. Seu preço vai variar de acordo com a cobertura escolhida (apenas danos, danos + furto, assistência em viagens, etc). Para o meu carro (Citroen C3 1.4 2011, Gasolina), e com o plano mínimo (apenas danos – não inclui roubos), saiu uns 150EUR (anual).
IUC (IPVA): Varia muito, em função do valor do carro, da idade, do tipo de combustível, motorização etc. Para o C3, o valor foi de 185EUR (anual).

Em resumo: Esses são os gastos comuns. Fora estes, existem outros tipos de gastos que são quase impossíveis de serem mensurados de uma forma média (compras de roupas / calçados, passeios, viagens, etc). Isso é bastante pessoal e, de forma geral, pode-se fazer uma conversão simples (divida o valor gasto em reais por 4 para se obter o valor em euros).

Um resumo do que gastamos mensalmente por aqui:
Aluguel: 830 EUR
Contas: 75 EUR
Internet / Celular: 30 EUR
Alimentação: 250 EUR
Transporte: 70 (Eu) + 35 (Esposa) = 105 EUR
Saúde: 60 EUR
Carro: 60 EUR (Na média mensal, entre combustível, manutenção, seguro, “IPVA”)
Outros: 240 EUR (Entretenimento, restaurante, documentos, roupas / calçados, chaveiro, celular novo – para repor o antigo que quebrou, etc)

Total: 1650 EUR

Ou seja, com 2000 EUR mensais um casal vive bem em Lisboa. Se for em outra cidade de Portugal, tira-se 250€ com facilidade dessa conta, principalmente pelo aluguel.

Parte 4 – Educação, saúde e segurança em Portugal

5) No caso de ter filhos em Portugal, como fica a educação? Qual é a relação entre nível e preço de educação? O nível de educação é muito bom mesmo? Quais as diferenças entre as escolas públicas e privadas?

Tenho menos informações sobre isso, já que não tenho filhos (e não pretendo ter num futuro próximo). No entanto, quase todos os colegas de trabalho têm filhos, e pude obter algumas percepções:

a) O ensino por aqui (público ou privado) é quase equivalente ao de uma escola particular normal no Brasil. Não é ruim, mas não é espetacular. Nas escolas públicas as coisas funcionam – não há falta de professores, falta de material, etc;

b) Mesmo a escola pública não é 100% grátis. Mas quaisquer custos são baixos;

c) As escolas particulares são extremamente caras (como no Brasil) – giram em torno de 600 a 1000 EUR/mês.

d) Escola pública e particular são igualmente boas. As grandes motivações para que as pessoas paguem uma escola particular são:
– Um ensino cultural diferenciado (uma escola alemã, por exemplo, em que a criança aprenderá PT + Inglês + Alemão);
– A necessidade de se matricular o filho numa escola fora da sua zona de residência (a criança vai à escola mais próxima de casa, não importando, por exemplo, se os pais trabalham em outra cidade – mesmo que haja uma escola com vagas ao lado do trabalho).

6) Sobre saúde, como funciona? É tudo publico com nível bom? Tem privado melhor?

Falei um pouquinho ali acima… o público funciona pouco melhor que o SUS. O atendimento é bom, mas consultas e exames mais específicos podem demorar meses para serem agendados. Também há (poucos) dias de greve, em que todas as consultas do dia são canceladas (com aviso na véspera e remarcação ).

E, apesar de ser público, não é gratuito. Cada consulta e cada exame são pagos (valores baixos… 2,5 EUR uma consulta, 5 EUR um exame de sangue completo, 10EUR um Raio-x, 25EUR uma tomografia).

Para quem está acostumado com convênio no Brasil, recomendo fortemente contratar um seguro de saúde. Aí o nível é realmente muito bom, com atendimento rápido e de primeira.

7) Sobre segurança, tem algum problema?

Como qualquer cidade turística, apenas batedores de carteira no centro. Nada além disso.
Anda-se tranquilamente a pé, de madrugada, por quase qualquer parte da cidade. Há alguns bairros (afastados) levemente problemáticos, formados por imigrantes pobres nos anos 80, em que problemas com drogas e pequenos roubos acontecem com alguma frequência.

Parte 5 – A chegada – Custos e dificuldades iniciais

8) Para abrir conta em banco, alugar apto., é tudo fácil? É mais fácil transferir dinheiro do banco daqui para um banco dai ou sacar e levar na mão mesmo? 
Banco
Com os documentos necessário, abrir a conta é muito fácil.

Uso e recomendo o ActivoBank, um banco digital vinculado ao Millenium BCP, um dos maiores de PT.

Além do passaporte, é necessário ter um comprovante de endereço e o NIF português (similar ao CPF). Cartão de débito definitivo ficou pronto na hora. Processo de abertura foi muito rápido. Para quem não tem um emprego em Portugal, é necessário um depósito inicial – cerca de 750 EUR.
A conta é similar à iConta do Itaú: 100% digital e gratuita.
Eu trouxe o máximo de $$ possível em mãos, e fiz o restante das transferências online depois.
Lembre-se que cada pessoa só pode sair legalmente com R$10.000 em mãos do Brasil (em qualquer moeda que seja). Isso dá menos que 2500EUR.
Com uma conta bancária aqui, o melhor meio de transferir dinheiro é via sites que fazem esse serviço. Uso o transferwise – que se mostrou muito prático, barato e fácil de usar.
https://transferwise.com/
Mas há limite para utilização (R$9.000 por mês e R$25.000 por ano / pessoa)
Além desse há o https://www.remessaonline.com.br/, que permite valores maiores (ainda com custos menores do que qualquer banco teria).
Alugar Apto
Alugar casa em Lisboa está ridiculamente difícil, mesmo para os portugueses. A demanda é muito maior que a oferta, de tal forma que os proprietários tem a faca e o queijo na mão. Dificilmente um imóvel fica anunciado por mais de 2 dias, pois a procura é tanta que o proprietário tira o anúncio do ar para parar de receber telefonemas. Além disso, no começo não há fiadores nem contrato de trabalho que comprove renda. O IRPF daqui às vezes é solicitado como documento (e o do Brasil, não é muito aceito… mesmo que se tenha bastante dinheiro aí, o proprietário fica receoso).

 

9) Quanto de dinheiro é legal levar para ai? Tipo, quanto preciso pra passar 1 ano se não achar emprego? 

Vou fazer umas contas básicas aqui.
Para os gastos mensais, acima mencionados, basta multiplicar o número de meses que imagina ficar em emprego e se encontra o que se pode precisar de grana para se manter por aqui. Mas eles são aplicáveis apenas depois de se ter atingido uma certa estabilidade. Antes disso, há muito com o que se precisa gastar…
Móveis e equipamentos para casa
Em geral, as casas tem a cozinha equipada com os grandes eletrodomésticos e algumas tem armários. Mas há uma lista grande de coisas a ser comprar:
– Itens de cozinha: pequenos eletrodomésticos (liquidificador, cafeteira, etc), talheres, pratos, copos, panelas, travessas…
– Sala completa: sofá, TV, rack, mesa, almofadas, quadros e enfeites em geral, etc
– Quarto completo: cama, colchão, travesseiros, cômoda e/ou guarda roupa, roupa de cama (lençois, edredon que suporte o inverno, etc)
– Coisas para banheiro: um móvel pequeno, jogos de toalha, espelho (caso não haja), saboneteira, porta escova de dentes, etc
Isso tudo varia muito de pessoa para pessoa. Mas não vai custar menos que 2,5k EUR, podendo chegar com facilidade aos 5k EUR.
Roupas e Calçados
Quando viemos do BR, ainda era obrigatório que as companhias aéreas disponibilizassem as 2 malas de 32Kg por passageiro. E ainda assim, não conseguimos trazer quase nada…
Focamos em trazer o essencial de roupas e calçados, mais algumas pequenas coisas que nos fizessem lembrar de casa (um quadro, pequenos itens de decoração, etc), para ajudar na adaptação à nova casa.
Foi uma boa oportunidade para doar as roupas mais antigas que não usávamos mais. Mas foi necessário comprar bastante coisa aqui.
É difícil estimar esse gasto, pois depende muito de cada um. Para nós, foram cerca de 1500 EUR no primeiro ano.
Documentos
Vários são os documentos que vão ser necessários. Alguns são baratos (3, 5, 10 euros). Outros, como um pedido de equivalência de diploma ou uma solicitação de início de processo para cidadania para cônjuge de cidadão português, são caros (entre 300 e 500 euros cada). Gastei cerca de 1000 EUR em documentos nesse primeiro ano.
Aluguel
No Brasil, pagamos o aluguel no final do mês, certo? Aqui, é antecipado. Além disso, na ausência de fiador e emprego estável, não há muito o que se possa fazer para vencer a concorrência entre os que estão em busca de uma casa para alugar. A única saída? Prepare-se para pagar entre 6 e 12 meses de aluguel adiantados.
Com o valor mínimo de aluguel na casa dos 650 EUR, isso significa no mínimo uns 4000 EUR à vista. Esteja preparado para o dobro.
Uma observação importante: Alugar casa em Lisboa está ridiculamente difícil, mesmo para os portugueses. A demanda é muito maior que a oferta, de tal forma que os proprietários tem a faca e o queijo na mão. Dificilmente um imóvel fica anunciado por mais de 2 dias, pois a procura é tanta que o proprietário tira o anúncio do ar para parar de receber telefonemas. Assim, ter uma boa verba para pagar aluguéis adiantados é a única arma que um estrangeiro tem de conseguir vencer a concorrência.
Abertura de conta
Há opções de contas gratuitas em Portugal. Uso e recomendo o ActivoBank, um banco digital vinculado ao Millenium BPC, um dos maiores de PT.
No entanto, fazer a abertura de conta para alguém que não tem sequer um contrato de trabalho em Portugal é delicado para os bancos.
Assim, prepare-se para depositar uns 750 EUR no ato da abertura da conta. Se forem 2 contas (uma para cada um do casal), 1500 EUR.
Carro
Dependendo de onde morar, o sistema de transporte público não é uma opção viável. Como falei um pouco mais acima, se morar em Lisboa é possível que você não tenha o direito de escolher o bairro em que vai morar. Você simplesmente vai alugar o que conseguir, onde der, e pelo preço que for.
Assim, eu senti a necessidade de ter um carro aqui. Comprei Citroen C3 de 2011, bem cuidado e com garantia de 1 ano, por 7250 EUR.
Se tiver curiosidade: https://www.standvirtual.com/
Muitos desses valores não são exatamente “despesas”. Eu enxergo mais como um “capital de giro”, o qual será despendido no começo mas serão compensados mais à frente. De qualquer forma, uma boa grana será necessária ao longo do primeiro ano em coisas que não estão previstas no orçamento mensal. E quase ninguém se lembra disso…
10) Para levar roupas e objetos pessoais nossos em uma mudança, como fazer? Ou vocês deixaram coisas aqui no Brasil? 
Trouxemos muito pouco do Brasil: 2 malas de 32 kg cada. Muitas roupas e calçados foram doados, porque não valia a pena trazer.
Foi uma boa oportunidade para fazer uma limpa no guarda roupa. Como disse acima, acabamos comprando roupas e calçados por aqui.
Quanto a objetos pessoais e móveis da casa, vendemos / doamos 95% das coisas. Uma pequena parte deixamos num armário na casa dos meus pais, e trouxemos na mala algumas coisas pequenas, para que a casa aqui nos fizesse lembrar um pouco da que tínhamos.
Há a possibilidade de contratar um serviço internacional de transporte. Como não tínhamos muito apego por quase nada das coisas que tínhamos, nem cogitamos essa opção.

Parte 6 – Vale mesmo a pena? E se Portugal não for o melhor destino pra mim?

11) No geral, a qualidade de vida é muito melhor mesmo? Vale a pena largar tudo e ir para ai? 
Isso é bastante complicado de dizer por ser muito pessoal. Conheço pessoas que fizeram esse processo todo e, passados 5 anos, voltaram para o Brasil. Assim como conheço outros que estão aqui há mais tempo e não voltam mais. Espero realmente me enquadrar no segundo grupo no futuro.
Realmente a vida é melhor aqui. Com o mesmo nível salarial, tínhamos uma “nota 7” aí no Brasil, e agora temos uma “nota 8” aqui.
Deve se levar em consideração que principalmente o primeiro ano é extremamente difícil. Não se chega no 8 com facilidade. Saímos de um 7 e caímos direto para um 4 – sem emprego, numa casa muito pior que a que tínhamos no Brasil, sem família… é complicado.
A primeira imagem que as pessoas fazem de quem vem morar aqui é como se aquela viagem feita no passado, de 15 dias pelas Europa, passasse a “durar pra sempre”. Mas esquecem que quem mora aqui não está de férias – e apesar da proximidade com todos os países da Europa, não se consegue viajar por aí com a frequência que gostaríamos (falta tempo, grana, folga no trabalho… etc).
Depois de tudo o que passamos aqui, e com o sucesso alcançado, posso dizer que pra nós valeu a pena. Se eu (ou minha esposa) ainda não tivéssemos conseguido emprego (ou se estivéssemos em empregos piores), não sei se teria a mesma opinião. Tínhamos uma vida realmente boa no Brasil, com os problemas que já estávamos acostumados (violência, segurança, etc) – e vivíamos do jeito que dava, tentando minimizar os impactos.
No entanto, tudo isso que disse acima é sem pensar em filhos. Se eu colocar uma criança na conta, aí tenho 100% de certeza que vale a pena largar tudo aí e vir pra cá (com o devido planejamento e re$erva$)
A vida de criança aqui é boa como era antigamente no Brasil. Muitas brincam na rua, crescem num ambiente amigável e civilizado. Ainda nota-se, por exemplo, aquela inocência que criança deve ter – mesmo entre adolescentes. Sinto que é mais ou menos equivalente a como meus pais foram criados na década de 60/70 em São Paulo.
Mesmo que eu tivesse que trabalhar num emprego ruim pro resto da vida, ainda assim acredito que o esforço para que a criança nascesse aqui valeria a pena.
É claro, pra mim, que uma criança que nasce aqui chega aos 20 anos de idade com mais possibilidades de sucesso do que uma que nasce no BR.
12) Dica de país para ir… muita gente falar que Portugal e Espanha tem clima e as pessoas são mais amistosas, mas a taxa de desemprego é alta. Por sua vez, nos paises mais nordicos (Alemanha, Suiça, Holanda, Bélgica, etc.) tem mais emprego, o salario é melhor, mas o custo de vida é mais alto, clima não é tão bom… vc tem noção dessas diferenças com mais detalhes e fatos reais? Na sua opinião, qual é o melhor balanço? 
Numa primeira etapa, acho que o menor dos problemas será o clima ou a simpatia das pessoas. Vocês devem procurar, na minha opinião, o lugar que oferecer mais oportunidade para que vocês se estabilizem da forma mais rápida possível. Quando digo estabilizar, me refiro fortemente a:
– Legalidade para residir
    Apesar de ser possível para um cidadão europeu morar em qualquer país da Europa, a coisa não é tão simples. É necessário ter algum vínculo com aquele país (emprego, comprovante de residência, etc). A situação é ainda mais delicada para o cônjuge de um cidadão europeu que não tenha a cidadania européia. Estude cada detalhe das leis para imigrantes dentro dos países em que esteja pensando em morar, e veja qual é o mais fácil para se estabilizar. Acredite: sua vida já vai estar difícil demais para ter que se preocupar com isso no dia-a-dia.
– Facilidade para conseguir emprego
   Para quem está trabalhando há tantos anos, ficar sem trabalhar por meses é de deixar doido. Nos primeiros dias, é festa. Após semanas / meses, a cabeça começa a falhar… você se sente um inútil. Pode começar a achar que nunca vão te contratar… vai ficar pensando no porque de ter deixado o emprego no Brasil. Controlar o psicológico é muito difícil, e conseguir um emprego logo é um fator crucial para que o plano de morar na Europa não vá por água abaixo.
– Língua
   OK, todo mundo fala inglês na Alemanha (por exemplo). Mas morar num lugar em que a língua padrão não é algo que você domina é muito complicado. Pras coisas mais simples há dificuldade… você não consegue ler o rótulo das coisas no supermercado, não entende o que as pessoas falam no dia-a-dia (nem nas ruas nem na televisão). Mais uma vez… foque em diminuir as coisas que tornam a sua vida difícil. Se a ideia é ir pra um país cuja língua mãe não se domine, que seja alguma que seja mais fácil / rápida de aprender. Se possível, entre numa escola de idiomas pra ontem e façam um intensivo da língua do país de destino.

Parte 7 – Considerações Finais

É natural que nós, muquiranas, sejamos muito pragmáticos para uma mudança tão grande quanto essa. O problema é que a parte que considero mais importante nesse processo não pode ser prevista… nem planejada. E é disso que vou falar um pouquinho agora.
Assim como alguns que pensam nessa mudança, tínhamos uma boa renda no BR… que nos proporcionava uma qualidade de vida muito boa pros padrões médios. No entanto, percebemos que mesmo se tivéssemos muito mais dinheiro nunca teríamos o básico que julgamos que uma vida decente deve ter… por exemplo:
– A liberdade de passear a pé pelas ruas;
– O sossego de ir visitar amigos de noite e poder voltar pra casa sem ficar morrendo de medo em cada cruzamento;
– A tranquilidade para sacar dinheiro num caixa eletrônico sem ser visto como uma vítima potencial de um assalto ou sequestro relâmpago;
 
E, mais do que isso, chegamos ambos à conclusão que o Brasilzão não vai pra frente (nunca!) e o motivo para isso é exatamente o mesmo pelo qual não há esperança de melhora: o povo e sua cultura maldita (sinto que todos são “Gérsons”, com aquela cultura do”farinha pouca meu pirão primeiro”, etc). 
 
Por tudo isso, decidimos em 2015 montar um plano de fuga. Foram dois anos estudando cada passo, principalmente quanto à documentação (visto de residente para ela, validação de diplomas, etc). Também usamos esse período para cortar gastos desnecessários e aumentar o pé de meia o máximo possível (foi um certo exagero da nossa parte, mas nos deu uma segurança ainda maior).
 
Também usamos esse período para ir introduzindo nas famílias, aos poucos, a ideia de que uma vida fora do Brasil é melhor. Meus pais já tinham uma cabeça mais aberta quanto à isso, mas meus sogros ficariam bastante contrariados se, do dia para a noite, déssemos a notícia que deixaríamos nossos empregos no Brasil para ir só com duas malas para Portugal. Aos poucos, e sempre que possível, mostramos como o BR está ruim – e se degradando cada vez mais. Mostrávamos que os níveis de qualidade de vida eram muito melhores na Europa… que Portugal era um dos países mais seguros do mundo… etc. Depois de um ano e meio assim, informamos a nossa decisão, e recebemos o maior apoio possível, de todos os lados. 😉
 
Tenho certeza que a parte de deixar a família para trás é a mais difícil. Logicamente, isso depende muito de pessoa para pessoa, e do tipo de relação que se tem com a família mais próxima. No nosso caso, apesar de todo o carinho, amor e respeito aos nossos progenitores, nunca fomos muito “apegados” à família: Deixamos a casa de nossos pais aos 18 anos, e nunca mais voltamos a morar lá. Lógico, visitávamos nossos pais com uma certa frequência, mas sem exageros – uma vez por mês, em geral. Mas nos falávamos por telefone com maior frequência e sempre estávamos por perto para qualquer coisa. De certa forma, então, conseguimos deixar o terreno preparado para a nossa ida.
 
Mas, por mais preparados que estivéssemos, foi duro dizer “adeus” no aeroporto. Foi mais duro ainda ver minha mãe chorar no Skype depois de uns 3 meses, dizendo que estava com saudades. É duro vivenciar coisas boas por aqui sem poder sentar com eles no fim de semana seguinte e contar como foi. E é duro não estar por perto para dar o apoio necessário quando aparecem problemas com eles no BR. Vou perder o aniversário de 90 anos da minha avó, em Junho. E espero do fundo do meu coração que ela “se aguente” até Agosto, quando vamos passar duas semanas no BR.  
 
Para minimizar essa distância, o plano seria (e está sendo), ligações semanais para o Brasil via skype. Todo domingo, religiosamente, nos falamos. Ajuda a manter-nos próximos… faz bem vê-los pela câmera… mas ainda assim não é suficiente. 
 
Outro fator importante, fora a família que fica, é a família que vem. No nosso caso, duas pessoas. Não há amigos, não há outros familiares próximos. 
Isso quer dizer que não há mais ninguém a quem conversar pessoalmente… pedir uma opinião… bater um papo entre amigos (ou entre amigas) num bar. Isso acabou. São os dois, apenas, sozinhos contra o mundo. Haverão dias felizes, e dias tensos. Decisões importantes terão de ser tomadas, sempre em dupla. A vida pode (e vai) ficar pior do que a que se tinha no BR – pelo menos por um tempo, assim como o nível de conforto vai diminuir. Num dia, se tem uma vida estável, uma casa completa, uma padaria de preferência, um supermercado de referência, pessoas a quem perguntar quaisquer dúvidas do dia-a-dia. No outro, tudo o que existe são dúvidas, e a única pessoa com quem pode contar tem as mesmas dúvidas e inseguranças que você.
O que quero dizer com isso? Que a relação do casal vai ser colocada à prova a todo instante. E com o passar do tempo, o nível desse desafio aumenta. Se há pequenas desavenças hoje, elas serão gigantes amanhã. Se a relação já não é estável no BR, ela vai desmoronar depois de uns meses fora.
 
Por outro lado, se a relação for sólida o suficiente, com respeito, confiança e companheirismo mútuos, se supera tudo. E, como uma merecida recompensa, o relacionamento fica mais forte do que nunca. Tudo o que foi colocado a prova ficará ainda mais forte. Deixa-se de ser apenas um casal e passa-se a ser praticamente uma entidade única, como dois guerreiros que foram sozinhos para uma batalha num país distante – e venceram.
 
Acho importante destacar principalmente esses pontos, por que não são os que se costuma pensar quando estamos planejando uma mudança dessas. Nós, naturalmente, pensamos no planejamento financeiro, nos documentos necessários, em como conseguir emprego, em qual país / cidade / bairro morar, num cronograma. Mas é impossível planejar o quanto os sentimentos vão aflorar nas situações de stress. E, mesmo que se planeje, na hora “H” a coisa é diferente. 
É como saber que vai levar um tapa na cara: por mais que se prepare (pensando em qual a posição do rosto em que o impacto vai ser menor, por exemplo) quando a mão te atinge na face, dói. E numa mudança grande como essa, não se trata de um tapa, mas de um soco do Mike Tayson…
2+
  • AKIRAMASTER 8 de junho de 2018 at 07:27

    FISRT SEM LER

    0

    • AKIRAMASTER 8 de junho de 2018 at 07:27

      sempre escrito errado aff

      0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 07:35

    Second! U-hu!Meu first pódio!! Bom dia Muquiranas!

    0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 07:35

    Bom dia Akira

    0

    • AKIRAMASTER 8 de junho de 2018 at 09:45

      Dia

      0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 07:37

    Agora vou ler o tópico, que me interessa muito. Portuga, eu inclusive havia salvado seu post do BoB há muito tempo, para consulta. Estive em Portugal entre 21/12 e 5/1 agora, em grande parte motivada pelas suas impressões.

    Deixa ler!

    Barnabezinho, vamos salvar isso em tópico fixo?

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 07:46

      Bom dia Anna!
      Coloquei o texto em outro formato em relação aquele do BoB, e adicionei mais algumas informações. Ficou bastante grande (e ainda falta muita coisa pra dizer sobre o processo). De qualquer forma, é um início

      Estarei por aqui pela manhã e posso dar mais detalhes para o que tiver de dúvidas ou curiosidades… E conto com a ajuda dos demais colegas que moram ou já moraram fora do BR para contribuir com mais informações e detalhes.

      Quanto mais pontos de vista diferentes, melhor 😉

      0

      • Anna 8 de junho de 2018 at 08:11

        Achei suas informações excelentes. Sendo que o euro já aumentou, tá? Comprei dia 19/12 por 4,00, agora já subiu. Então a conta de multiplicar por 4 não podemos fazer mais….

        Posso acrescentar o seguinte: estivemos em AirBnb ou aps completos , cozinhando em casa sempre que possível (coisas simples e semi-prontas, comemos arroz branco e feijão preto de lata sem queixas), custo de vida muito similar ao RJ no supermercado. Algumas coisas mais caras, outras mais baratas, mas muito parecido (água mineral baratíssima, itens de limpeza e higiene pessoal mais caros).

        Um dos objetivos da viagem foi sondar emigração e universidade pra filha mais velha. Marido agendou com meses de antecedência visitas às universidades (Lisboa, Porto, Minho) e foram muito bem recebidos. Na do Porto foi uma vice-reitora pessoalmente quem recepcionou. Em todas foi feito um tour pelas instalações e era tudo excelente.

        Boa parte dos cursos segue o padrão do Processo de Bolonha: licenciatura (=graduação) em 3 anos + mestrado sem outra prova (+2 anos). Ou seja, nos mesmos 5 anos se tira graduação + mestrado, por um preço inferior a qualquer faculdade privada do RJ. A universidade do Porto de brasileiros cobra mensalidades iguais à cobrada de portugueses.

        O inverno me pareceu bem suportável em Lisboa, Porto e Algarve. Tipo inverno em São Lourenço/MG! Os apartamentos em que ficamos tinham split ou serpentina (água quente), e não passamos frio.

        0

        • From_The_Tower 8 de junho de 2018 at 08:15

          Legal !
          Anna,
          Eu tb fui super bem recepcionado pela comitiva de Portugal no Salão de Estudante em Curitiba.. peguei bastante material informativo. P.S. Tenho uma prima , estudante de Arquitetura que irá fazer um Semestre em Évora.

          0

        • Portuga 8 de junho de 2018 at 08:28

          A melhor definição para o inverno em Portugal é: chato!

          – É frio, mas não muito (normalmente entre 5 e 10 graus);
          – Chove, mas não muito (chuva = garoa, e acontece cerca de 30% dos dias no inverno)
          – Venta, mas não muito (ventos são comuns no inverno, frios, mas raramente acima de 50km/h)

          A combinação desses 3 fatores é que deixa a situação chata pra quem tem que conviver com isso no dia a dia (pegar metrô e caminhar um pouco pra ir trabalhar, por exemplo)

          0

  • From_The_Tower 8 de junho de 2018 at 08:08

    Parabéns Portuga.
    Realmente muito didático.

    P.S. Em breve LATAM voando direto para Lisboa.
    😉

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 11:04

      Obrigado From!
      Só torço para que, com mais rotas, as passagens fiquem mais baratas. Ardi pra comprar as passagens de ida e volta PT-BR-PT pra Agosto (alta temporada por aqui).

      0

  • From_The_Tower 8 de junho de 2018 at 08:11

    Os BRICK LOVERS de Portugal então se deram bem?
    kkkkk

    Os véios devem ficar pensando… “Valeu a pena segurar os tijolos mágicos !” “Até a Madonna mora aqui!”
    😉

    0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 08:14

    Bom dia From!! Continuo usufruindo do grupo do Inter e todo dia me lembro de você 🙂

    0

    • From_The_Tower 8 de junho de 2018 at 08:15

      Bom dia !
      Que bom !
      PNJ.
      😉

      0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 08:15

    Vou cuidar da vida e no trabalho raramente posso ler ou postar. À noite boto a leitura em dia. Bom dia a todos!

    0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 08:22

    A vice-reitora de fato viria pessoalmente para o Salão do Estudante em março. Eles estão fazendo qualquer negócio pra atrair estudantes internacionais. Os reitores postam vídeos no Youtube chamando… Não há nada similar aqui no Brasil, nem nas universidades privadas.

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 08:30

      A taxa de natalidade em Portugal é baixíssima há tempos – e cerca de metade dos nascimentos é de imigrantes pobres vindos da África e do Brasil.

      Se não trazem estudantes de fora, as faculdades ficam ociosas (por falta de estudantes portugueses que tenham $$ para bancá-las)

      0

      • Viking 8 de junho de 2018 at 11:47

        será que tem como ir lá pra fazer um mestrado/pós?

        0

        • Portuga 8 de junho de 2018 at 12:40

          Rola sim Viking.

          Algumas considerações:
          1) Ver a necessidade de equivalência de diploma (pra fazer graduação aqui algumas universidades pedem a equivalência do diploma para uma universidade Portuguesa);

          2) Entender o Processo de Bolonha
          https://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_de_Bolonha
          Em resumo, a graduação na Europa é só de 3 anos, e o mestrado leva mais 2.
          Assim, quem faz um curso de graduação no Brasil (engenharia, por exemplo – 5 anos) já possui o mesmo nível de estudos que quem tenha feito graduação + mestrado na Europa.

          Para quem já fez os 5 anos, talvez (eu disse TALVEZ) se consiga ir direto para o “doutoramento” daqui. Tem que ir atrás…

          0

          • Viking 8 de junho de 2018 at 14:46

            é o meu caso, vou pesquisar! coloquem isso também no post fixo 😀

            0

  • Longa Manus 8 de junho de 2018 at 08:53

    Bom dia.
    Excelente texto, com importante contribuição. Parabéns e obrigado.
    Particularmente eu irei à Portugal apenas por turismo.
    Nao sairei do Brasil, tampouco do Rio de Janeiro.
    Sorte aos que forem e aos que ficam.

    0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:07

    First

    Caramba tem material pra 3 tópicos aí e os caras queimam em um só

    A fila deve estar grande 😀

    0

    • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:08

      First com avatar certo

      0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 09:24

      Falando nisso, estou de olho naquele seu Pequeno Manual da Riqueza, ein! Podemos publicar aqui?

      0

      • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:26

        Claro! Já tinha até alinhado com o Barná a respeito.

        0

        • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:18

          YEAH, tá tudo em email, tranquilo.

          0

  • big bolhudo 8 de junho de 2018 at 09:12

    Bom dia!
    Excelente contribuição! Obrigado, Portuga!
    Tenho considerado emigrar, e PT está entre as opções que tenho pensado, esse texto vai me ajudar.

    0

    • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:13

      PT está entre as opções que tenho pensado

      Estamos de olho hein 😉

      0

      • big bolhudo 8 de junho de 2018 at 09:59

        =O

        0

      • Amna 8 de junho de 2018 at 10:06

        Ban nele!

        0

      • Portuga 8 de junho de 2018 at 10:20

        Kkkkk!
        É uma das coisas tristes de morar aqui. Tudo quanto é site é .pt

        0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:19

    Capitalismo malvadão

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 09:23

      Ah, mas e o charme dessas TVs bolinha numa caixa de madeira com um termostato para mudar de canal? 😉

      0

  • Ugo 8 de junho de 2018 at 09:22

    Bom dia! Conteúdo incrível do Portuga, com certeza será tópico fixo para consultas futuras! E também sou outro interessado na imigração para Portugal. Sou neto de português, com pai e avô falecidos.

    0

  • Ugo 8 de junho de 2018 at 09:29

    Como esse texto é MUITO grande, quem estiver no celular hoje vai sofrer. Então coloquei um link extra no início para puxar até o final da página.

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 10:20

      Sorry… escrevinhei demais da conta! Rs!

      0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:31

    É melhor Jair se inscrever novamente

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 10:07

      Não vai. Muita gente reclamando disso. Óbvio que foi um teste deles para ver a reação com a censura.

      0

    • Viking 8 de junho de 2018 at 11:51

      tive que me inscrever de novo!

      0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:31

    O multiculturalismo é um fracasso.

    https://pbs.twimg.com/media/DfIc4zcWkAEHUYy.jpg:large

    0

  • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 09:41

    Caros Srs, passei pelo processo que o Portuga passa há 10 anos

    A descrição do Portuga é completa e PERFEITA
    DEVE ser salva em arquivo pessoal para aqueles que pretendem emigrar.

    Salvo pequenos detalhes que Iútubers vão falar “o interior é mais barato “ e você se ferra com combustível e carro, ue são caros lá

    O transporte público só funciona em cidades GRANDES, que são Porto e Lisboa. O resto não sei.
    Quanto mais ao Norte, mais xenófobos
    SÃO XENÓFOBOS PRA CARALHO, principalmente acima dos 40 anos
    Brasileira é PUTA sim, pra eles
    Mulato e negro, desistam. (Vivo falando isso pro meu tio que é TI)

    Sobre valores, A diferença básica é que eles dão valor a uma moeda de Euro, e o bananense só dá valor pra nota de 20 pra cima. Lá 50centavos fazem diferença pra eles
    Aqui diferença de um real não é considerada

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 10:32

      Grande Final,

      Em primeiro lugar, muito obrigado pela atenção que me deu sobre esse assunto (uns dois anos atrás). Acho que de tudo o que me preparei (em parte pelos alertas que me deu), uma das coisas que me surpreenderam positivamente foi a Xenofobia em Lisboa.

      Tanto eu quanto a Sra. Portuga fomos EXTREMAMENTE bem recebidos em todos os lugares por que passamos. Já passei por 2 empregos, e ela está no terceiro. Já temos mais de uma dúzia de amigos, de ir jantar em casa e tudo. Inclusive pessoas mais velhas (meus colegas de trabalho atuais têm, em média, 50 anos).

      Curiosamente, o único preconceito que senti por aqui no dia a dia foi de uma mulher que disse que não confiava em quem não fosse Português… e era Angolana! Hahahaha!

      0

  • AKIRAMASTER 8 de junho de 2018 at 09:43

    Pelo visto teremos bolsa abaixo de 70k hoje, sardinhada ta desesperada ate outubro so lenha para todos lados, menos TD que ira para o alto e avante.

    0

    • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 09:49

      Num quero nem ver
      “Hoje tem correção “

      Vai corrigir sim, vai mostrar o quão merda é esse Estado. Sinceramente, quase acho que o mercado vai derrubar o sistema político

      0

    • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 09:49

      Sei não, tá com cara de dar uma violinadinha antes de continuar a cair

      de qqr jeito estou só acompanhando.

      0

      • AKIRAMASTER 8 de junho de 2018 at 09:50

        Perdi muito comprado to tentando praticamente zerar posição e operar vendido.

        0

  • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 09:45

    Ola garotas e garotos, como estamos??
    Satisfação imensa…..

    É Sexta Jhow…sobe o som….

    Porra…precisamos de um boteco……vamos ver se o casal de admin se tocam e baixam as cadeiras e trazem uma porção de torresmo…daqueles que toram as obturação…

    Forte beijo vestindo só aquele roupão do dono da playboy, sem nada por baixo…e sem exceções..

    0

    • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 10:14

      Se segura johw, vc prometeu ser um bom menino por aqui…. me ajuda que te ajudo!!! Hehehe

      Ahhh, o roupão da playboy era um phuta business…. fez bilhão em usd !!!

      0

  • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 09:54

    PUTAquiuPARIU
    CARALHOOOOOOOO
    Falei que iam tacar o STF na merda antes de outubro, nmas não tão cedo

    https://www.oantagonista.com/brasil/mulher-bomba-de-gilmar-mendes/

    0

    • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 10:05

      Muita calma nessa hora. Pode ser estratégia pra desestabilizar as eleições.

      0

      • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:26

        Ainda creio seriamente nesta tentativa desesperada.

        0

  • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 10:01

    Bom dia mukis &a rentistas opressores….

    Isso não é tópico, mas um livro… lerei com calma até pq fiz umas análises in loco pra vida no estradao no States!! Depois comento…

    Ahhh… ontem falei que esse ibovespa tá mais fake, pra situação atual de Bananistao, que phuta posando de virgem e político de honesto!!!

    http://www.valor.com.br/financas/5579867/caiu-ficha-do-mercado-diz-arminio

    0

    • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 10:03

      Claro que Arminio tem lado, partido e patrão… mas vale, extraindo a politicagem do texto (aliás faço sempre isso) ler = http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6989339/arminio-fraga-diz-que-brasil-vive-espetaculo-horror-defende-privatizacao

      0

    • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 10:03

      Ô Hidden

      Sempre foi possível fazer compromissadas longas. Isso não é prática, mas também nada restringe. No interbancário as operações são de um dia, e no mercado não-bancário não costumam passar de um mês, mas ainda assim não há limites.

      Essa operação do BACEN foi um mamão com açúcar pros bancos. Dinheiro grátis, literalmente. E deixa claro que o BACEN está desesperado pra segurar os juros. É claro que não conseguirão…

      0

      • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 10:06

        Valeu meu caro… realmente, pelo que entendi, pros bancos foi um hedge de 9meses, contra as loucuras e balanços do barco Bananistao ne!!! Minha dúvida é se pra nois bananoides tem como tb se aproveitar disso e embarcar nesse hedge!! Abs

        0

        • Ugo 8 de junho de 2018 at 10:15

          Parabéns, Hidden! Este foi o milésimo comentário do Muquiranas! 😀

          0

        • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 10:16

          O banco ganhou $$$$ pra operar longo prazo, vai lucrar de acordo com suas margens e spread, e só vai ter que pagar jurinhos amigos pro BACEN.

          Como é bom ser acionista de banco nesse país!

          0

  • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 10:24

    Greve de ônibus na segunda, no HELL
    Sapohha não anda mesmo

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 10:31

      Calma que melhora depois que conquistarmos o Hexa 😀

      0

    • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:25

      DUVIDO

      DUVIDO

      DUVIDO

      0

  • Ugo 8 de junho de 2018 at 10:30

    Manuela D’Avila do PCdoB vai abrir mão da candidatura para apoiar o Boulos do PSol.
    É 0% dela somado 0% dele.
    Isso que se pode chamar de ZERO À ESQUERDA.

    0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 10:33

    Ugo, acabo de pensar em outra possibilidade de tópico fixo, filhote do tópico de emigração… Busca de documentos de antepassados. Ando boa nisso e já achei aqui do Brasil e de Portugal.. tenho links para compartilhar

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 10:39

      Anna,

      Encontrei os cartões de entrada no Brasil dos meus avós vindos de Portugal nesse site: https://www.familysearch.org/

      Não os precisei usar pra nada quanto à cidadania, e não sei dizer se seriam úteis. De qualquer forma, pode servir pra galera que esteja à procura de documentos.

      Se ainda não usou esse, fica como mais um pra lista… 😉

      0

      • Anna 8 de junho de 2018 at 10:50

        Sim, também uso esse. Achei documentos do Brasil no Family Search. No RJ todos os livros do registro civil antigos estão digitalizados lá!
        Portugal achei batizados de 1902 e 1882 no site Tombo.pt
        Também portal.arquivos.pt
        E as listas de passageiros de vapores que chegaram ao RJ, achei meu bisavô sírio e minhas bisa e trisa, isso em 1913-1914

        0

        • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:25

          Vamos passar este tópico pro fixo, e o que se achar, vamos acumulando nele…!

          0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 11:30

      Anna, seria muito bem vindo um tópico desses! E pessoalmente me seria muito útil também. Lembro de já ter visto muita discussão sobre todo esse assunto, mas acabei deixando passar muitas informações.

      Se puder ir comentando com seus links e detalhes, juntamente com o Portuga e os outros, vamos montando uma boa base de informações.

      0

      • Anna 8 de junho de 2018 at 15:05

        Ugo e Barn*, só posso detalhar depois meus links e métodos de pesquisa, em horário de trabalho não dá. Vou preparar então o material.
        Ugo precisa pesquisar documentos familiares pra cidadania? Me passa o que precisa por e mail que eu tento te ajudar

        0

        • Ugo 8 de junho de 2018 at 15:44

          Anna, muito obrigado pela disponibilidade! Eu ainda tenho que ver com a minha mãe os documentos que ela tem do meu pai (ele não tirou a cidadania) e do meu avô, daí eu vejo do que preciso correr atrás, rs

          0

  • EngenheiroMG 8 de junho de 2018 at 10:49

    Parabéns, Portuga! Muito sucesso para ti por aí.

    Um dia tomaremos um chá por essas bandas.

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 11:00

      Muito obrigado, PortugaMG. Hehe
      Só chegar! Terei o maior prazer em recebê-lo por aqui.
      Mas… aqui é a terra do café. Toma-se MUITO mais café que no BR. Como não sou muito fã de chá, ainda te deixo a escolha: café ou uma imperial (Sagres).

      0

      • EngenheiroMG 8 de junho de 2018 at 11:05

        Sem viadagem e vamos pra cerveja então.

        0

      • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:19

        Café é VIDA.

        0

  • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 11:17

    Ow Jhow….
    Depois da uma atualizada no artigo falando um pouco da mulher portuguesa…
    Temperatura, modus operandi, se curte um Pau Brasil….

    0

    • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 11:19

      Dependendo do FidiBéqui eu nem vou….ficou por aqui mesmo…
      Ou vou embora pra Belzonti……

      0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 11:27

      É pra já, PPP!
      1) Tem MUITA mulher solteira na casa dos 30 – 40 anos;
      2) É quase consenso entre as Tugas que homem Brasileiro é só pra ter um caso… “não são muito confiáveis”, já ouvi de mais de uma;
      3) Falam mais abertamente de sexo que as Brasileiras (em ambiente de trabalho, por exemplo), sem muito mimimi;
      4) Apesar do estigma, apenas uma minoria é feia e bigoduda. Algumas poucas são belíssimas. Em geral, as Tugas tem uma beleza mediana.
      5) Em geral, são mais magras que as mulheres no BR;
      6) Em Lisboa, principalmente entre Junho e Agosto, tem HORDAS de gringas (França, Inglaterra, Espanha, etc) na casa dos 20 fazendo viagem de despedida de solteira (noiva + madrinhas). Todas em busca de um Papai Papudo…

      0

      • Portuga 8 de junho de 2018 at 11:34

        Quanto a modus operandi, não tenho mais detalhes… Sou casado e não tenho intenção alguma de me aventurar por aqui com Tuga nenhuma!

        0

      • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 11:37

        #PartiuLisboa…..

        Preciso aprender urgentemente o idioma local…alguém conhece uma boa escola de português??

        0

        • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 11:47

          Vai fundo Johw… vc já é bom de língua ne!!! Hehehe

          0

        • EngenheiroMG 8 de junho de 2018 at 13:17

          Recomendo… gostei muito das festas e portuguesas.

          0

  • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 11:21

    teste

    0

    • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:22

      Testado! Cadê o Bebê pra testar, hein?

      0

      • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 11:25

        Pois é 🙁

        Barna, ja da uma testada nessa função que eu fiz de mostrar os comentários não lidos. Se clicar nele ele navega até o comentário.

        0

        • Barnabezinho 8 de junho de 2018 at 11:26

          qual função???

          0

          • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 11:27

            Da um SHIFT + F5 ai e rola a página, vai aparecer ali no topo

            0

          • Ugo 8 de junho de 2018 at 11:33

            Conseguiu ver, Barna??

            0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 11:25

      Estou testando o seu teste! Fica sensacional no celular! 😮

      0

      • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 11:26

        Ata, que bom então =)

        0

  • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 11:26

    Ugo
    Parabéns, Hidden! Este foi o milésimo comentário do Muquiranas!

    Que FirstO que nada…. a gente somos Mile !!!

    Ahhh… mileonarios!!! Hehehe

    0

  • Papai Noel 8 de junho de 2018 at 11:29

    Parabéns pelo texto Portuga, duas perguntas:

    – emprego para pessoas mais velhas, tenho quase 50 anos.
    – e os mulcumanos por aí??

    (já tenho cidadania, mas a idade e família me barram por aqui

    0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 11:43

      Obrigado, Pai Natal!

      Depende muito da experiência, do setor de atividade, do cargo, etc.
      É sabido que a população de Portugal é bastante envelhecida, sendo relativamente comum a contratação de pessoas “velhas”, acima dos 45. Aliás, como são pelo menos 40 anos de contribuição para a aposentadoria, é raro alguém parar de trabalhar com menos de 65…

      Quanto aos muçulmanos… quase não há. Veja essa matéria:

      https://www.jn.pt/nacional/interior/cerca-de-metade-dos-refugiados-que-chegaram-a-portugal-abandonaram-pais-9034965.html

      0

      • Papai Noel 8 de junho de 2018 at 11:50

        Importante os mulca sairem, estao acabando com Inglaterra, Alemanha, Italia, Suecia – que entrem somente os católicos.

        Obrigada pela resposta, se as coisas apertarem aqui na Banania tento correr para Portugal =)

        0

  • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 11:46

    Ótimo texto, ótimo tópico… viver em outro país não é pra todos, acho mesmo que ser feliz lá pra poucos, mas vale a pena!!! E a palavra chave pra mim é resiliência …. Boa sorte, vida longe e feliz Portuga!!!

    0

    • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 11:51

      uma questão mais genérica: leio que Portugal não tem muita “indústria” e depende de turismo e setores especificos no agrobusiness, vinhos, azeites, etc!! Nesse caso, e se vingar o racha da CE… a economia daí vai? Abs

      0

  • Sideshow Bob 8 de junho de 2018 at 11:49

    Paralelo ao assunto, sugiro um tópico para quem não vai sair do país, como faz pra comprar uma arma de fogo pra ter em casa, processo de compra, modelos, treinamento, etc.

    0

    • Viking 8 de junho de 2018 at 12:07

      boa!

      0

  • RicardoSP 8 de junho de 2018 at 11:50

    Esses recursos de comentários novos são excelentes!

    0

    • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 11:58

      Que bom que gostou =)

      0

    • Dirk 8 de junho de 2018 at 12:27

      Aqui (PC) não funcionou, testei no Chrome e no Firefox… Sem efeito ao clicar em “Marcar comentários”. Não cheguei a analisar, mas o script está hospedado em outro servidor? Pode ser bloqueio aqui do trabalho.

      0

      • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 12:31

        Essa que ta agora é uma versão antiga, pedi pro Ugo mudar agora.
        Espera ele mudar, dai tu me diz se ta ruim ai ainda, pedi pra ele hospedar aqui no blog também.

        0

        • Dirk 8 de junho de 2018 at 12:32

          Beleza, Alex! Parabéns pela iniciativa, ideia muito interessante.

          0

          • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 12:35

            Obrigado, Dirk =)

            0

      • Ugo 8 de junho de 2018 at 12:40

        Dirk, atualizei aqui, pode testar novamente? Tem a marcação de comentários lá em cima e a popup no topo sempre que houver novos comentários. Clicando/tocando nela já te puxa para o próximo comentário não lido.

        0

  • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 11:55

    RIP!!! Gostava dos programas desse cabra, muito além de comida ele sabia falar sobre…. gente =https://www.jn.pt/artes/interior/morreu-anthony-bourdain-9422607.html

    0

  • RicardoSP 8 de junho de 2018 at 12:01

    Seguem duas notícias da Europa:

    Alemães furiosos com a Merkel por causa do assassinato+estupro de uma menina de 14 anos por um “refugiado” de 20 anos. Furiosos mesmo!!
    https://www.krone.at/1719962

    Novo governo da Áustria planeja fechar 7 mesquitas e expulsar 40 imãs
    https://www.krone.at/1720046

    0

  • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 12:38

    Porra…o que ta acontecendo que ta todo mundo se matando???

    https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/causa-da-morte-da-estilista-kate-spade-foi-suicidio-confirma-autopsia.ghtml

    O Bordain tambem se matou…e alguem que é alguma coisa do principe da holanda acho tambem acabou se matando e tirando a propria vida…

    0

    • RicardoSP 8 de junho de 2018 at 12:40

      Irmã da Rainha da Holanda, que é argentina

      0

    • Portuga 8 de junho de 2018 at 12:45

      Nem me fala… Fiquei mal por uns dias aqui.

      Parente de um colega de trabalho se matou essa semana… Se jogou na frente de um trem, muito próximo do meu trabalho. Dei sorte de não ter visto o “corpo”, mas disseram que teve que ser recolhido em partes… TenÇo

      0

  • Ugo 8 de junho de 2018 at 12:56

    Pessoal, atualização no plugin do Alex Silva!

    Além da marcação de comentários por data que está no final de todos os tópicos, sempre que houver comentários não lidos aparecerá uma caixa na parte superior indicando a quantidade. E ao clicar/tocar na caixa você será levado para o próximo não lido.

    Isso acarreta em uma melhoria enorme na navegação, principalmente no celular.

    Agradecemos quem puder testar e deixar um feedback!

    0

    • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 12:57

      No PC com Chrome ta Show…parabens Alecão….

      0

      • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 13:09

        Valeu PPP =)

        0

    • Dirk 8 de junho de 2018 at 12:59

      Funcionando perfeitamente agora. Muito bom! Parabéns, Alex.

      0

      • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 13:09

        Que bom
        Obrigado =)

        0

    • joselito 8 de junho de 2018 at 15:56

      Estou observando a caixa, na parte superior do navegador (PC). Funcional
      Só achei que as cores utilizadas são uma apropriação cultural africana.

      0

    • Anna 8 de junho de 2018 at 16:31

      Funcionando perfeitamente no Android, Chrome. Adorei

      0

    • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 16:37

      FOODA IÇO Hein
      Funciona no Safari

      0

  • Ugo 8 de junho de 2018 at 13:17

    Olha a merda… vai vendo…

    Abin propôs monitorar usuários na rede
    Sugestão da agência tem como argumento combate à disseminação de notícias falsas na internet; parte do conselho do TSE é contra a ideia

    https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,abin-propos-monitorar-usuarios-na-rede,70002342417

    0

  • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 13:24

    Quando se acha que mierda não phode bhostejar … ai vem os vereadores de Nikiti e…. cagam no pau!!! Ahh, tá prestes a virar lei… segue o fluxo =
    R$ 1.200,00 quando completar o 9° ano do E.F.
    R$ 1.100,00 quando completar o 1° ano do E.M ou 1° do E.P.
    R$ 1.000,00 quando completar o 2° ano do E.M ou 2° do E.P.
    R$ 800,00 quando completar o 3° ano do E.M ou 3° do E.P.
    R$ 800,00 quando completar o 4° ano do E.P.
    R$ 400,00 se alcançar 50% de aprovação do ENEM
    legenda E.M. (ensino médio) E.P. (ensino profissionalizante)

    O impacto previsto no orçamento da cidade é de:
    3,2 milhões em 2018
    3,9 milhões em 2019
    4,5 milhões em 2020

    0

  • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 14:24

    Ow Jhows…. adms gatos…
    6 tão usando o mesmo plugin de cache que usam la na universal???
    depois de muitos posts ta travando pra carregar a outra metade dos posts, lembro que isso acontecia la..
    La eles usam o w3 total cache…tem muita gente reclamando dessa joça…
    deem uma olhada no WP super cache…
    apenas uma sugestão…

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 14:26

      Na verdade nem estamos usando plugin de cache no WP… 😛

      0

      • Papai Papudo 8 de junho de 2018 at 14:29

        Porra Ugão…
        Cachea a porra toda…se precisar de ajuda me manda email….tive que estudar issae a fundo pra hospedar la na Coreia do Norte…as maquinas la são todas 486(com aquele botãozinho de turbo na CPU)

        0

        • Ugo 8 de junho de 2018 at 14:59

          Vou testar o Super Cache, valeu pela ajuda, kkkkk

          O que tem no momento é o cache do servidor. E como ainda estamos em período de testes, estamos rodando com o mínimo.

          0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 15:15

    Ficou legal o plugin de comentários, parabéns

    0

    • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 21:04

      Que bom que gostou

      0

  • rgsul 8 de junho de 2018 at 15:22

    A minha cota tá garantida aqui? kkkkkk

    0

    • Viking 8 de junho de 2018 at 15:39

      cota? tá querendo treta? kkkkkk

      0

    • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 15:40

      Se tem a cota Velhuscas pq não!!! Tutto trans…. hehehe, bjos hetero e de sungao, mesmo no frio de icarai bitch !! Yeeeahhhh

      0

      • rgsul 8 de junho de 2018 at 15:43

        A tua sunga já deve estar toda desbotada de tanto usar…. 😛 ….acabei lendo os tópicos aqui e me pareceu mais leve dos 3 blog que já vi nascer…mais informal…mais tranquilo pareceu….

        0

        • Ugo 8 de junho de 2018 at 15:46

          Sem pretensões, só queremos um espaço para trocar ideias com a galera 🙂

          0

        • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 15:55

          Tutto outfitta mermao… velhuscas mas com recheio!! Hehehe

          Ahhh!!! Aqui mucho sussa, mas tô trazendo o Papudo na coleira… me ajude a ajudá-lo !!!

          0

        • Viking 8 de junho de 2018 at 16:06

          tambem estou com essa sensação, parece mais leve aqui

          0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 15:45

      Só tem cota se você garantir pelo menos uns 20 comentários por dia. Aproveita que estamos crescendo 30% por dia 😀

      0

  • rgsul 8 de junho de 2018 at 16:08

    Vou aproveitar o titulo do blog, e a sensação de mais leve aqui e fazer uma pergunta. Tou pretendendo ir nas próximas férias para Punta Cana. Alguém já foi? Que achou? Já ouvi bastante opiniões boa e ruins e tou tentando filtrar para acertar na bunda da mosca o gasto das férias. Quem foi qual melhor ponto que achou?

    0

    • Viking 8 de junho de 2018 at 16:11

      o From sempre fala bem de lá, da Praia Bávaro.

      0

      • Viking 8 de junho de 2018 at 16:11

        mas cuidado, ele tentará te vender passagens uahsuahsa

        0

        • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 16:36

          Usa o From pa isso

          0

    • Formiga atomica 8 de junho de 2018 at 16:12

      Vai para Bolívia rgsul, é mais barato.

      0

      • rgsul 8 de junho de 2018 at 16:37

        Vou para Casa do Capeta do Sul, mas Bolívia não…kkk…

        0

        • Formiga atomica 8 de junho de 2018 at 16:41
        • Chuck Norris 8 de junho de 2018 at 16:43

          Salar de Uyuni é imperdível, mesmo sendo na Bolívia.

          0

          • Chuck Norris 8 de junho de 2018 at 16:44

            O paraíso das fotos em perspectiva

            0

          • Formiga atomica 8 de junho de 2018 at 16:44

            Postei um link de dicas, mas ficou na modernização.

            0

            • Formiga atomica 8 de junho de 2018 at 16:45

              Moderação.

              0

              • Formiga atomica 8 de junho de 2018 at 16:48

                h ttps://www.buenasdicas.com/turismo-bolivia-323/

                0

            • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 16:49

              É Deus agindo

              0

    • Viking 8 de junho de 2018 at 16:51

      tenta esse site aqui, parece bem completo
      https://www.viajenaviagem.com/destino/punta-cana/

      0

  • Emer 8 de junho de 2018 at 16:19

    Agora vai:

    https://www.jn.pt/mundo/interior/austria-fecha-sete-mesquitas-e-expulsa-lideres-religiosos-muculmanos-9421854.html

    O chanceler conservador austríaco, Sebastian Kurz, anunciou, esta sexta-feira, que as autoridades do país vão expulsar imãs financiados a partir do estrangeiro e fechar sete mesquitas para lutar contra “o islão político”.

    0

    • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 16:37

      Num ficou bonita a manchete?

      0

  • Longa Manus 8 de junho de 2018 at 17:40

    Excelente funcionalidade! Para.

    0

  • Longa Manus 8 de junho de 2018 at 17:41

    Bens!

    0

  • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 18:02
  • Ugo 8 de junho de 2018 at 18:27

    Mais um avanço no melhor estado bananense, o Hell

    Canudinhos de plástico são banidos no Rio

    RIO – Os canudinhos de plástico vão ser banidos de bares, restaurantes e quiosques do Rio. A Câmara Municipal aprovou nesta quinta-feira, em segunda discussão, o projeto de lei, de autoria do vereador Jairinho (MDB), que obriga estabelecimentos comerciais a usar canudos de papel biodegradável. Os que forem recicláveis, de forma individual, também serão permitidos. A medida agora seguirá para sanção ou veto do prefeito Marcelo Crivella.

    Quem descumprir a nova lei será multado em R$ 3 mil, valor que será dobrado em caso de reincidência. Uma petição virtual, criada pela ONG Meu Rio para pressionar os vereadores a votar a favor do projeto, recebeu mais de 4.500 assinaturas. O texto já havia sido aprovado na quarta-feira, em primeira discussão. O único vereador a votar contra foi Leandro Lyra, do Partido NOVO.

    https://oglobo.globo.com/rio/canudinhos-de-plastico-sao-banidos-no-rio-22756045?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=O+Globo

    0

    • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 20:08

      Enquanto isso a bhosta não tratada pèla CEDAE invade as Lagoas fétidas da Barra, escorre pelo costão só Vidigal e do Leblon e enche de mierda a Baía de Guanabara!!! Eita

      0

  • big bolhudo 8 de junho de 2018 at 19:02

    “Ladrão tenta roubar ônibus que já estava sendo assaltado; passageiros batem nos dois”

    https://mobile.opovo.com.br/noticias/brasil/2018/06/ladrao-tenta-roubar-onibus-que-ja-estava-sendo-assaltado-passageiros.html

    0

  • Manco 8 de junho de 2018 at 19:14

    Belo tópico, meu sonho é fazer um desse, mas mudando o país para Austrália.

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 19:26

      Liberado, Manco! Bem vindo 😀

      0

      • Manco 8 de junho de 2018 at 19:29

        Valeu!

        Essa semana decidi parar com a procrastinação, BNN não vai e contratei uma professora particular para me ajudar na meta IELTS nota 8.

        0

  • Manco 8 de junho de 2018 at 19:23

    Flagraram o Datafalha

    ESTÃO TENTANDO FRAUDAR TUDO PARA QUE BOLSONARO NÃO SEJA ELEITO. Pesquisa DataFolha.

    Publiée par Emanoel Alves sur Jeudi 7 juin 2018

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 19:57

      Estou surpreso é de ver um cara sendo entrevistado pelo Datafalha, kkkk

      0

  • Ugo 8 de junho de 2018 at 19:48

    Mais atualizações no plugin do Alex:

    – Botão de marcar todos os comentários como lidos.
    – Exibição do número de comentários não lidos na frente da aba do navegador (estilo Facebook e Twitter).

    F5 para testar, feedbacks são sempre bem vindos!

    0

    • Manco 8 de junho de 2018 at 19:49

      Queremos botão de like ehehehe

      0

      • Ugo 8 de junho de 2018 at 19:53

        Estou para testar isso também! Da última vez que testei, uns 2 anos atrás, estava dando um baita impacto no servidor. Vamos ver se agora vai!

        Se tiver mais sugestões, é só falar 😉

        0

      • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 20:18

        Like

        0

  • Osmar Motta 8 de junho de 2018 at 20:03

    Na tv, propaganda de mais uma besteira de empoderamento:
    8 mulheres e um segredo. Tô aqui sentado, esperando Roliúde lançar Cinderello, Branco de Neve ou Gato Borralheiro! Mais umas merdas como a última versão de Gosthbusters!

    0

  • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 20:39

    Achei vocês !!!!!!!!!!!!!!!!!

    Não sabia dessa página.

    Muito bom.

    0

  • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 20:54

    Libera eu, tio .

    Quanta gente sumida, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 21:35

      Aeeeeeee, chegou o BB! Geral estava perguntando por você. Tá liberado, seja bem vindo.

      0

      • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 21:37

        Valeu Ugo, não tava sabendo, feliz pelo novo espaço.

        Vou poder zoar de novo chevette e fit, kkkkkkkkkkkkk

        0

  • Anna 8 de junho de 2018 at 21:47

    Boa noite!
    Como dava pra acompanhar fórum sem a ferramenta dos meninos? Muito bom, Ugo e Alex, tá funcionando direitinho, e vocês melhoraram muito o plugin desde hoje de manhã!

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 21:59

      Boa noite, Anna! Os méritos vão 100% para o Alex, que começou com uma ideia e foi adicionando um monte de opções! Já fiquei mal acostumado com as notificações na aba do navegador, rs

      0

      • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 23:56

        Tambem ja to mal acostumado, hreauheauhea

        0

    • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 23:56

      Fico feliz que tenha gostado =)

      0

  • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 22:04

    AO VIVO

    Temer – Os recibos quer podem derrubar um presidente!

    0

    • Ugo 8 de junho de 2018 at 22:04

      BB, você acha que o Temeroso cai antes das eleições?

      0

      • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 22:08

        Acho que vão fazer de tudo pra ele ficar, mas acho que cai sim.
        A situação pior, é do boca murcha, você viu a reportagem da crusoé de hoje ?
        Acaba com ele.
        E acho que vem uma segunda onda de problemas com caminhoneiros.

        0

        • Ugo 8 de junho de 2018 at 22:09

          Eu li o título no Antagonista, mas não li a matéria. Tem o link dela? Está aberta ao público?

          Acho que com os caminhoneiros não rola mais nada não por enquanto… tá rolando muita desinformação, principalmente no Whatsapp.

          0

          • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 22:13

            O Leudo fez uma live hoje e leu a matéria toda. Estou gostando de ouvir ele.

            Gilmar Mendes vai derreter neste final de semana

            0

            • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 22:15

              Sobre os caminhoneiros, vai dar problema a questão do frete e esse corte do valor do diesel é temporário. Espero estar errado, mas em até 2 meses , eles acordam.
              Problema que estará perto da eleição.

              0

              • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 22:48

                Eu duvido que entrem em greve novamente.

                0

                • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 23:28

                  Tomara.

                  0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 22:22

    Esse lance de colocar a notificação de mensagem não lida na aba do navegador vai matar o resto da minha produtividade durante a semana hahaha

    0

    • Alex Silva 8 de junho de 2018 at 23:57

      Ahammm ehuahueauha

      0

  • Pobre Paulista 8 de junho de 2018 at 22:23

    De curiosidade: Atualmente 23% da minha posição em ITSA4 é oriunda de bonificação (aka não paguei porra nenhuma por elas)

    ITSA4 é de longe, de muito longe, a melhor ação da bolsa.

    0

    • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 23:03

      Realmente essa ação é porreta…. algum tempo atrás vi uma análise comparativa dos Jurinhos Sagrados (que adoooro) x ações!!!

      … as únicas que ganharam da RF, e mesmo assim se considerar os dividendos, bonificações foram Itaú, Ambev e uma outra que não me lembro!!! Isso de 1994 a 2016 ou 2017, ponta a ponta…

      0

      • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 23:09
        • Hidden (aquele) 8 de junho de 2018 at 23:26

          Seja na RF/CDI ou nas melhores ações, nos últimos 27anos os rentistas e bolsistas opressores capturar ganhos ao redor de inimagináveis CINCO MIL POR CENTO!!! A inflação no período acho que foi ao redor de 600%apenas…

          Tempos que não voltam mais!!! Supimpa…

          0

          • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 23:28

            Hidden, acredita que selic sobe nas próximas reuniões ?

            0

  • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 23:32

    TEMER NÃO CAI
    Nem será derrubado

    0

    • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 23:32

      Vai ficar nesse gobierno Zumbi até 2019

      0

      • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 23:34

        Fico pensando em renúncia, também não acho que será derrubado.

        0

        • Final Countdown 8 de junho de 2018 at 23:40

          Renunciar e ser preso? Não é doido

          0

          • bolha buritis 8 de junho de 2018 at 23:41

            Ele é vampiro, pode fugir e esconder no caixão dele.

            0

Marcação de Comentários

Selecione a partir de qual dia e hora os comentários devem ser marcados como não lidos. Deixe a hora em branco para marcar todos os comentários do dia. Pressione CTRL + ↓ para navegar pelos comentários não lidos.

Plugin desenvolvido por Alex Silva.