Bom dia!

Vou começar expressando minha preocupação imensa com os novinhos que andam preocupados, tensos, com o futuro do país. Moçada muito boa, mas que está, como o nosso compatriota da quarta idade volta e meia comenta, muito assustada com a crise econômica atual. Estão com medo do preço da carne e da gasolina. Tensos com a situação atual. Um e outro até acham razoável pensar que o governo poderia dar um jeito nisso.

Mas tem um problema. Já fizemos isso antes. Deu ruim.

E já rimos pra cacete do ridículo dessa ideia estúpida.

Então… basta a nossa galera dar uma breve olhada em nosso passado recente, trinta anos atrás, e ver que grosso modo, as crises econômicas de curta duração se repetem ad nauseam, sem muito o que se fazer a respeito. Pois nossa economia está presa a inúmeras variáveis, internas e externas, a maioria das quais, totalmente alheias ao que fazemos aqui dentro.

Também fazemos cagadas homéricas, todas sem exceção, motivadas por aquele mix gostoso de burrice e voluntarismo, adoçados por uma ignorância edulcorada pela estupidez. Perdemos muito de nossa riqueza com a ignorância abissal de meia duzia de tapires, asnos alimentados com fardos de desenvolvimentistas com alcaparras.

Não, não foi nada fácil sobreviver nos anos 1980. Foi terrível. Tenebroso, dureza abissal. Quem sabia fazer grana sofreu mas passou bem. O pobre, o assalariado, apanhou forte do governo e suas sandices imperiais. Nada tinha o que fazer, a não ser partir pra rua e fazer explodir o comércio informal nas grandes cidades, e o processo de favelização e hiperconcentração urbana nas cidades. E a violência perdeu o freio após a “maledetta” CF de 1988.

Passamos uns perrengues sinistros neste tempo. Era dureza, faltava leite, pão, arroz e feijão. Carne era um troço que OU tu criava em casa OU comia uma vez por semana. Em vários momentos, mesmo com dinheiro, não se tinha o que comprar, e a inflação era aquele caos, aquela impossibilidade de se prever. Receber salário e correr em direção ao supermercado com todo o ordenado no bolso, para comprar o que coubesse no orçamento antes doo reajuste das 14 horas.

Não é de hoje que o povo se desespera pra comprar tudo o que vêm pela frente às vésperas do Natal. São fenômenos identificaveis, conhecidos e explicáveis no tempo. Nada especial, já vivemos isso uma, duas, dez vezes. A conjuntura economica, social, política mudaram bem, mas estes eventos quase-aleatórios se repetem devido à própria má estrutura econômica do país. Em verdade não temos grandes mudanças econômicas há pelo menos trinta anos. Esperavam o quê?

Antes de falar qualquer bobagem sobre “antigamente era mais barato”, verifiquem abaixo o valor do salário mínimo em 1995:

Então, gente… Façam como o ET Bilu, nosso mestre sempre recomendou: Busquem conhecimento… sei que História é uma ciência chata e cheia de maconheiros e Bounbouns Goulées, mas Vale a pena tentar entender um pouco o nosso passado recente! Sangue frio, cacete! Sobrevivemos até a ISTO, a gente aguenta qualquer coisa.

Bom dia!

 

20+
  • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 08:15

    Bom dia! vou frisar que não reparei que o topico de ontem foi trazido pelo Véio Hidden, falha minha!

    8+

    • Manco 1 de dezembro de 2019 at 08:20

      Geral acorda cedo no domingo, espera, f5 frenético e o postador comenta primeiro, isso é deprimente 🙁

      3+

      • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 08:22

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
        eu demorei pra psotar, poxa!

        1+

      • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 08:31

        Gopi.

        3+

    • Hidden (aquele) 1 de dezembro de 2019 at 09:46

      Calma psolista … sem pressão, acordo tarde e não tenho essas vaidades… só todas as outras… hehehe

      3+

  • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 08:16

    Buuuuuuuuuuuuu!!!

    4+

  • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:17

    First,

    2+

    • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 08:17

      O buuuu da Mineira vale mais. Sorry.

      6+

      • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 08:19

        rs

        2+

        • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 08:19

          Oi

          4+

          • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 08:21

            Oi.

            2+

      • Mario Bros 1 de dezembro de 2019 at 14:11

        O bom de MG são as mineiras! Depois o queijo, claro! Salve conterrânea!

        3+

  • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:23

    First a escrever first.
    Vou recorrer ao STF.

    4+

  • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:29

    Barna, ninguém está pedindo uma intervenção do governo nos preços.
    Ninguém está desesperado que o Brasil vai acabar amanhã.
    O fato é que o Guedes está fazendo uma política que favorece o governo (mais ainda) e eempobrece o cidadão.
    Isso não é aceitável, não é equilibrado, não é justo.
    Nenhum brasileiros deve aplaudir tal política de desvalorização proposital da moeda.
    Acho até que já tem pressão no sentido de rever a situação é que efetivamente o Guedes vai dar uma amenizada.
    Por tudo que vc postou é razão de justamente não aceitarmos essa política, que se implantada em modo full, trará os efeitos que vc expôs.

    14+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:34

      Mas a política do Guedes não tem a nada a ver com o que o Barna expôs.
      Ela é algo totalmente diferente do que vimos até hoje… é um tipo de ajuste baseado em Juros Baixos, aproveitando-se do cálculo do IPCA, câmbio flutuando e fico na diminuição da dívida interna. Vai dar certo ? Não sabemos. É algo inédito. Arriscado. Ousado.
      A conferir.

      10+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:36

        empobrecer o cidadão?
        tem várias maneiras de fazer isso.
        Lula e Dilma fizeram através do endividamento via farta oferta de crédito.
        Calma Rodrigo com essa questão cambial. A coisa estaria feia se tivesse ultrapassado os 8×1 e ou juros futuros descontrolados ou IPCA fora da meta.

        9+

        • Bruno L 1 de dezembro de 2019 at 09:10

          Ainda acho que o IPCA real está bem fora da meta.

          Quanto ao resto vou confiar em vcs que sabem muito mais do que eu…e espero que funcione e esse país volte a andar. Até porque, acho que Bolsonaro está indo muito bem e estaria muito melhor se não fosse esse CN e STF malditos e esquerda/centro/isentões não podem voltar em 2022.

          12+

          • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 09:14

            Concordo

            2+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:39

        *foco

        1+

      • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 09:26

        Tradicionalmente, no fim do ano, o USD tende a subir, devido à remessa de lucros. O PG acrescentou uma componente extra.

        Curiosamente, entre o Natal e o Carnaval, o USD costuma dar uma baixada boa. Poderia ser o agronegócio?

        Se fosse para chutar:

        Natal: USD a 4.50 BRL, a menos que haja intervenção pesada do BC.

        Semana anterior ao Carnaval: USD retornando à bitola de 4.00-4.20 BRL. Se baixar de 4.00 BRL, é para reforçar as latinhas.

        Depois do Carnaval: Só D-us sabe…

        6+

        • Neco 1 de dezembro de 2019 at 09:31

          O grosso da colheita vai atrasar um pouco esse ano, pois faltou chuva no plantio. Pode ser que a exportação dos grãos seja só em março.

          2+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:40

      Desvalorização proposital da moeda seria estabelecer um câmbio fixo e controlar o volume de compra e venda. Vide o que Venezuela fez . Dólar oficial x dólar paralelo. Aí eles controlam tudo e tudo fica descontrolado.

      3+

    • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 08:53

      Hehe… Só aqui mesmo para ver essas discussões.

      Entendo o ponto que o @Rodrigo colocou. A alta do USD provoca aumento de custos que, normalmente, seriam repassados ao consumidor pelas empresas.

      Entretanto, devido à demanda anêmica (a presente euforia é exceção, decorrente do PIS + FGTS + 13°), as empresas não estavam podendo repassar esse aumento. Foi nisso que BC e PG se basearam para reduzir os juros, e lixarem-se para a subida do USD. OK, isso poderá provocar a quebra de algumas empresas.

      A desvalorização cambial, visando ao aumento de exportações, é algo comum. Inclusive, a China fez isso durante muito tempo.

      Agora, tem o outro lado da questão, colocado pelo @From_The_Tower. O bananense reclama do aumento do preço da comida, mas tem AiPorra de 5 KBRL (via de regra, “comprado” no carnezão). E, quando consgue um dinheiro extra (vide PIS e FGTS), vai correndo torrar tudo, como se não houvesse amanhã.

      A droga, é que o “amanhã” chegou.

      Encontrei este post, que creio descrever bem o pensamento do PG. Dado que o orçamento está engessado pela CM88, o único ajuste fiscal possível, é via inflação + redução de juros + congelamento salarial.

      -https://muquiranas.com/trf-4-mantem-condenacao-e-aumenta-pena-de-lula-para-17-anos/#comment-170247

      5+

      • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:58

        Claro.
        Há dois anos já dizia que era o único caminho possível.
        Ok.
        Mas se o Guedes exagerar, vai trazer quebradeira e revolta, revolta justa.
        Não é o que eu quero.

        9+

        • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:59

          Não pode exagerar / se perder. Tem que administrar o timing.

          2+

          • CESAR 1 de dezembro de 2019 at 12:07

            É dificil acertar o timing. Esse negócio manipular a economia para obter efeitos desejados é muito complicado. O mesmo raciocínio usado por Mises para criticar o socialismo se aplica aqui. Ninguém é onisciente e consegue prever exatamente as consequências de políticas econômicas na canetada (planejamento centralizado da economia). É muito fácil perder o timing, na verdade é o mais provável e, depois da cagada feita, não tem mais o que remediar. É sentar e chorar.

            6+

            • CESAR 1 de dezembro de 2019 at 12:18

              Pense no seguinte. Neste exato momento ninguém, nem mesmo o PG ou sua equipe com dados econômicos nacionais, consegue saber exatamente quantas empresas possivelmente entrariam em insolvência/falência pela alta do dólar ou qual o impacto na inflação e economia como um todo; se liberassem crédito agora para o consumo em determinado setor, não saberíamos exatamente quantas e quais pessoas fariam a opção pela aquisição do crédito e, consequentemente, os possíveis efeitos macroeconômicos. O dinamismo da economia é muito complicado de controlar. Se o tiro sai pela culatra não tem como reverter.

              5+

          • Someone 1 de dezembro de 2019 at 19:10

            Acho que o problema gerado no dólar no mês passado foi justamente o timming. A reunião do Copom ocorreu na mesma época da reunião do FED, e o anúncio da redução dos juros nos EUA e no Brasil ocorreram na mesma data, com poucas horas de diferença. Acho que o Copom acreditava que o corte na taxa de juros americana seria mais radical, de 0.5%, o que colocaria os juros americanos mais próximos dos de outras economias desenvolvidas. Nesse cenário, cortar 0.5% não traria tanto prejuízo ao real. Porém, o FED foi conservador e cortou apenas 0.25%, o que diminuiu o gap entre as duas taxas, reduzindo ainda mais a vantagem do carry trade. Considerando ainda o fator da sazonalidade da saída de dólares no fim do ano para fechamento de balanços chegamos a essa situação atual. Acredito que o câmbio vá se normalizar pouco tempo após a próxima reunião do FED, se reduzirem mais os juros lá, e do Copom, se mantiverem a taxa atual. Se o FED não reduzir (o que é improvável) ou o Copom reduzir mais do que o necessário, continuaremos com o mesmo problema e ele pode ser intensificado.

            Em suma, essa desvalorização do real me parece mais efeito do excessivo fortalecimento do dólar frente a outras moedas (dado o gap entre os juros americanos e o de outras economias desenvolvidas) do que propriamente um problema do real.

            4+

  • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:31

    Bom dia !
    Parabéns pela lembrança Barna.
    No quesito alimentação / bens básicos era isso mesmo.
    A sorte da nossa família foi a padoca. Foi a década de ouro da padoca.
    Uma das poucas opções do bananense era gastar com comida e tinha que ser rápido. Então imagina a nossa padoca que fornecia uns 10 mercados e 04 frigoríficos na cidade. Eram pilhas de dinheiro. Tínhamos uma ótima organização financeira e na época do confisco fomos pouco afetados pois a grana estava em tijolos e terrenos.
    Mas para a população em geral foram tempos de grande ansiedade e perturbação mental. Sarney com a sua truculência e violência no controle dos preços e depois o maldito Collor e Zélia com o confisco.

    8+

  • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:37

    Eu penso que essa política econômica / financeira do Guedes é algo arriscado. Mas é o que ele vinha dizendo desde o tempo da campanha. O objetivo deles é diminuir a dívida / custo anual da dívida. Tendo menos pressão na dívida eles pretendem investir o pouco que sobra em algo tangível. (infra-estrutura, concessões , etc)

    5+

    • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:43

      From, juros negativos e desvalorização da moeda empobrece sim o cidadão.
      A alternativa seria cortar gastos, mas isso o governo não consegue.

      9+

      • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:45

        Temos que precionar para evitar a saída fácil de tirar mais dinheiro do cidadão.

        2+

        • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:46

          *pressionar
          pressão.
          Tirar dinheiro do cidadão ? Isso acontece todos os dias. Carga tributária altíssima. Isso é BNN.

          7+

        • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:48

          Não interessa quem é o governo.
          FHC fez política de melhorar as finanças do governo.
          Aumentou o ir máximo de 25 para 27,5% antes de entregar para o Lula.
          O Lula pegou o dinheiro e fez oque?
          Portanto temos que precionar o governo para conter a fúria arrecadatória.
          Guedes está “aumentando a arrecadação ” de forma indireta

          4+

          • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:50

            *pressionar
            com 2 esses
            kkk

            Governo / Estado devem estar sempre pressionados de alguma forma. Nunca confiem. Cada um que lute no que acredita.

            4+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:45

        Sim. Ainda não temos juros negativos. Desvalorização da moeda não ocorreu no Brasil .
        Sei que você está preocupado. Mas reafirmando: é um outro tipo de ajuste. Por isso que é complicado de entender / assimilar.

        2+

        • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:49

          mas é um tipo de ajuste que tem que ter peito/ convicção.
          Aqui mesmo ainda vemos pessoas com saudades dos juros reais em patamares altos. Guedes sempre avisou que viria para acabar com isso.

          5+

        • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:49

          Não tem nada de complicado.
          Juros negativos, fuga de investidores dos títulos do governo, dólar aumentando.
          Dólar aumentando leva ao empobrecimento.

          8+

          • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:52

            Ok. Mande um e-mail para o Guedes e reclame. Proteste.
            Ele avisou que faria isso.

            8+

            • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:54

              Juros Reais Altos segurava fluxo de grana no carry trade e fazia a dívida aumentar progressivamente. Basta ver como a dívida cresceu ao longo dos anos. Pois é sempre na base da pedalada. (nova emissão de dívida/ rolagem)

              15+

              • Neco 1 de dezembro de 2019 at 08:55

                Isso tinha que acabar e vai acabar completamente.

                4+

          • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 08:59

            De novo, concordo com ambos. Com a intenção de criar uma “âncora cambial”, os juros foram mantidos nas alturas por vários (des)gobiernos seguidos.

            Atualmente, há cerca de 120 GUSD em títulos públicos nas mãos de estrangeiros. Claro que, com a baixa nos juros, esse povo vai embora.

            O problema todo, é desarmar essa bomba.

            2+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 08:42

    Bom dia

    Ótimo tópico, esse xovens de hoje não sabem de quase nada.

    É preciso estudar o passado para entender o presente e poder ter uma ideia do futuro.

    Eu me lembro muito bem do plano cruzado em 86 e de suas consequências, e de todos os outros que vieram depois.
    Antes no confisco tinha um dinheiro no banco, não muito… e pensei que farei… o governo vai inventar alguma coisa.
    Comprei uns moveis que precisava e sai de ferias pelo litoral do RS e SC, gastei tudo deixando a conta levemente negativa. Meses depois perdi o emprego a empresa quase fechou.
    Fiquei um ano sem trabalho, foi um dos períodos mais difíceis que passei. Nunca mais fiquei tanto tempo sem renda.
    Um plano econômico mal feito afeta a vida de milhões de pessoas dai a responsabilidade que tem o governo. Que Deus ajude que esse governo não venha a se intrometer na economia mais do que já está.

    7+

  • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 08:45

    Tem alguma coisa acontecendo. Hoje no face um MAV veio cheio de história de 2018 pra cima de mim. chamei de MAV, se doeu e etc. Faz tempo que isso não acontecia. Tem grana rolando de novo, parece.

    12+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:47

      Eu percebi nas redes no que tange preços de produtos e serviços.
      Em alguns tópicos eles não tem chance.

      1+

      • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 08:49

        Aparentemente estão tentando usar o preço da carne como estopim de manifestações “contra a carestia”. Só que são burros, estão indo pra cima do cara que apoia o biroliro, não pro isentão.

        9+

        • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:51

          lembrando que em 2016 o preço das carnes tinha despencado e os mesmos MAV´s reclamavam e afirmavam que não adiantava estarem baratas se o povo não tinha emprego.
          kuaaa

          o mesmo valia para os MCMV que no começo eram 50k e o pessoal tb reclamava do valor da entrada.

          6+

          • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:54

            Não é só a carne, tudo está subindo por causa da desvalorização do real.
            Isso o assalariado percebe.
            Ele ganha 1.500, se as coisas aumenta 10% ele deixa de consumir 150 reais.
            Desses 1.500, 750 é despesa fixa; sobra 750 para comer.
            Logo os 150 dá 20% a menos de comida na mesa.
            Vc acham que o cara não se revolta?

            12+

            • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:57

              Pode acontecer.
              Mas o que mais deixa o bananense feliz hoje é em DIA é conseguir a renda de 1500 BLR por mês. Veja os comentários da galera quando o Luciano Hang anuncia uma nova loja ou quando alguém do Uber ou Uber Eats consegue 2k no mês.
              Entende ?
              entre 2014 e 2018 muita gente ficou completamente sem renda/ dinheiro. TEm esse aspecto tb. Mas me diga qual foi a última revolta / manifestação sobre preços e itens de consumo especificamente. O que teve foi em relação a corrupção e depois o desdobramento econômico. Lembrando que na BNN a pobraiada raramente sai protestar. Existe uma série de motivos para isso. Podemos ir desdobrando o assunto.

              8+

              • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 08:59

                Vai abrir caminho para um populista tipo o Eduardo Leite ganhar a eleição.

                4+

                • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:01

                  Não sei nada desse governador. Mas Rio Grande do Sul é um estado totalmente despirocado.
                  kkk
                  Calma… é o primeiro ano de Bolsonaro. Vamos ver em 2022.

                  3+

                  • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 09:02

                    Só um exemplo.

                    1+

                    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:05

                      Vamos ver. Só para te lembrar que tem um ponto de equilíbrio na balança aumento de preços / aceitação dos preços / confirmação do consumo. Em Janeiro irei aos supermercados e analisar se sobrou produto.
                      Já estou anotando os preços aqui das aves e cortes bovinos e suínos. Por enquanto Chester na faixa dos R$ 18,00 o quilo. Lembrando que eu paguei no começo do ano R$ 4,90 o quilo do que sobrou. E lombo suíno vi ontem por R$ 36,90 o quilo mas teve bolhista que afirmou que pagou R$ 15,00 na BF.
                      kkk
                      Leite Longa Vida no supermercado aqui R$ 1,88 o litro. Lembrei que eu vendia na padoca em 2002 por R$ 2.45. Ou seja quase 18 anos depois.
                      Cada produto / cadeia produtiva tem uma lógica/ histórico.

                      6+

            • Neco 1 de dezembro de 2019 at 08:58

              Bom, em breve, as manifestações do Chile chegam aqui, e dai melhora, pois bota o exercito pra cima dos manifestantes, do s t f e do congresso.

              Rodrigo, a parte da alimentação vai piorar muito mais do que é hoje.

              Mas o dólar não vai disparar, só se começar a ter muito quebra quebra. E o Dólar vai cair, é só fazer as reformas.

              1+

    • miltin 1 de dezembro de 2019 at 11:12

      Percebi também, em foruns totalmente apolíticos apareceram caras querendo elogiar o lula. Entrou dinheiro sim. Ô pokerbuble, dá a letra pra cúpula aí.

      2+

  • Bomberman 1 de dezembro de 2019 at 08:50

    Moradores do Hell: Filé Mignon R$ 39,00/KG no dia da carne. Toda semana tem.

    2+

    • bomberman 1 de dezembro de 2019 at 08:51

      No Mundial rs

      1+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 08:52

        Bom mesmo é pagar R$ 36,00 na porção de batata frita regado a cerveja .
        kkkk
        Carne rende basta saber comprar e fazer. Povo reclama demais.

        8+

        • Bomberman 1 de dezembro de 2019 at 09:01

          Aqui perto tem chopp artesanal/aboiolado a R$ 4,00 na Happy Hour. É um dos melhores que já tomei, mas tem MUITA GENTE que prefere pagar R$ 7,00 no Brahma Aqua durante os fins de semana pra dizer que tem vida social e é livre de vícios kkkk

          4+

          • Bomberman 1 de dezembro de 2019 at 09:02

            Por sinal, comida no hell, via de regra, é uma merda.

            3+

          • Manco 1 de dezembro de 2019 at 09:10

            CVR aleatório de domingo
            Sexta feira tomei uns 10 chopes de uma cervejaria local R$5,00 a pint, acordei com uma p… ressaca, ontem tomei uns 5 copos de vodka badarosca com energético de 2 litros e alguns litrões de skol e acordei zerado.

            2+

            • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:11

              eu sou fraco para bebida
              não consigo tomar mais que 02 choppes.
              kkk

              2+

              • Manco 1 de dezembro de 2019 at 09:15

                Deve ter um gene oriental aí rs, meu primo não consegue tomar uma lata, fica vermelho igual a um pimentão e bêbado, fora a ressaca no dia seguinte.

                1+

                • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:16

                  kkkk
                  o meu é dor de cabeça mesmo
                  meu irmão é bom de copo. A dica dele é ficar com uma garrafa de água sempre e ir se hidratando.

                  1+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 09:07

    https://www.attivitasolare.com/minimo-di-maunder-tra-passato-e-futuro-5/

    Agora existe um consenso geral entre os astrofísicos de que estamos prestes a entrar em um ótimo mínimo solar.
    Por enquanto, ninguém é capaz de prever com precisão suas proporções, mas em 2020 provavelmente começaremos a ver os efeitos globais no clima e no clima do que poderia ser o mínimo solar mais profundo dos últimos séculos.

    Na Inglaterra, os anos de 1651 a 1654 produziram verões quentes e secos.
    Em 1652, o preço do trigo [na Inglaterra] era em média 49 xelins e 6 pence por trimestre de tonelada.
    Em 1652, houve uma seca na Escócia. O calor era muito grande, o verão era o mais seco já conhecido na Escócia.
    O verão de 1652 foi muito quente e muito seco na Dinamarca e na Inglaterra. Em Dijon, França, a colheita começou em 20 de setembro. Este foi o terceiro ano de fome de trigo.
    Em Copenhague, na Dinamarca, o verão estava excessivamente quente e seco.
    De 23 a 24 de setembro de 1652, um furacão no Atlântico atingiu as Ilhas Leeward. Três navios e a tripulação foram perdidos.
    Em 1652, o príncipe Maurice foi perdido em um furacão nas Índias Ocidentais. [O príncipe Maurice era um príncipe dos eleitores na região palatina da Europa.] Quando se perdeu, o príncipe Rupert estava em uma frota sob o comando de seu irmão.
    O rio Arve deságua no rio Ródano, cerca de 1000 passos abaixo do lago Genebra, na Suíça. Em dezembro de 1652, o rio Arve inchou, de modo que não apenas transbordou das margens, como também interrompeu o curso do Ródano e o forçou a voltar ao lago por um período de 14 horas.
    Em 1652, as inundações atingiram muitas regiões da China, incluindo:

    Durante o período entre 10 de março e 7 de abril, as inundações atingiram Anhwei (atual província de Anhui) no leste da China em Tung-liu.
    Durante o período entre 8 de abril e 7 de maio, as inundações atingiram Shantung (agora província de Shandong) na costa leste da China em Ch’i-tung.
    No período entre 6 de junho e 5 de julho, as inundações atingiram a província de Shantung em Lin-ch’ing, Hui-min, Shang-ho e Yüeh-ling; e Shansi (agora província de Shanxi) no norte da China em P’ing-ting, Hsi-yang e Shou-yang. Quase todas as aldeias desses distritos foram inundadas.
    No período entre 6 de julho e 3 de agosto, as inundações atingiram a província de Shantung em Shou-kuang, Ch’ang-yüeh, An-ch’iu e Kao-wan; e província de Shansi em Hsi-yang, An-tsê, Lin-fên e Jung-ho.
    No período entre 4 de agosto e 2 de setembro, inundações atingiram a província de Shantung em Mêng-yin; Kansu (atualmente província de Gansu) no noroeste da China em T’ien-shui e Lung-hsi; Chekiang (atualmente província de Zhejiang) na costa leste da China em Hu-chou; Hupeh (agora província de Hubei) na China central em Chung-hsiang; e Kwangtung (agora província de Guangdong) na costa sul da China, de frente para o mar do Sul da China em K’ai-p’ing.
    No período entre 3 de setembro e 2 de outubro, as inundações atingiram a província de Kwangtung em P’u-ning e a província de Chekiang em T’ung-hsiang.
    Em 1652, uma seca tomou conta de várias regiões da China, incluindo:
    Durante o período entre 5 de fevereiro e 6 de maio, uma seca varreu Anhwei (agora província de Anhui) no leste da China para T’ung-ling, Wu-wei, Lu-chiang, Wuhu e Tang-t’u.
    Durante o período entre 6 de junho e 5 de julho, uma forte seca tomou conta de Kiangsu (atual província de Jiangsu) na costa leste da China em Xangai.
    Durante o período de 3 a 31 de outubro, uma seca varreu Hopei (agora província de Hebei) no norte da China para Wu-ch’iang.
    Em 1652, durante a quarta lua do quinto dia, fortes chuvas causaram a inundação do rio perto de Xangai, na China.

    1653

    Em 13 de julho de 1653, um furacão no Atlântico atingiu Barbados nas Pequenas Antilhas e St. Thomas nas Ilhas Virgens. Um navio e uma tripulação foram perdidos. Em São Vicente, no mar do Caribe, houve a “morte de muitos selvagens”.

    Em julho de 1653, estava tão quente na Polônia que, no regimento de infantaria que era a Guarda do Rei, mais de 100 ficaram completamente incapacitadas devido a insolação, das quais uma dúzia morreu, sem nenhuma outra doença.

    Na Inglaterra, os anos de 1651 a 1654 produziram verões quentes, secos e secos.
    Em 1653, o preço do trigo [na Inglaterra] era em média de 35 xelins, 6 pence por trimestre de tonelada.

    Em Dijon, França, em 1653, a colheita começou em 11 de setembro; 13 dias antes da média. Na França, o preço do milho caiu pela metade.

    Em 1653, as inundações afetaram muitas regiões da China, incluindo:

    Durante o período entre 27 de abril e 26 de maio, as inundações atingiram Hupeh (atualmente província de Hubei) no centro da China em Shih-shou, Chih-chiang e Sung-tzŭ. A barragem foi danificada em Sung-tzŭ.
    Durante o período entre 27 de maio e 24 de junho, as inundações atingiram Shansi (agora província de Shanxi) no norte da China em Ch’in-shui e Shou-yang; Shensi (agora província de Shaanxi) no centro da China em An-k’ang; e Kwangtung (agora província de Guangdong), na costa sul da China, de frente para o mar da China Meridional em Chin.
    Durante o período entre 25 de junho e 23 de julho, inundações causadas por um tufão atingiram Kiangsu (atualmente província de Jiangsu) na costa leste da China em Soochow. Muitas pessoas se afogaram. Ao mesmo tempo, inundações atingiram a província de Shensi em An-ting e Pai-ho. Os ocupantes se afogaram. Também durante esse período, as inundações atingiram Shantung (atualmente província de Shandong) na costa leste da China em Yang-ku e Wên-têng. Em Yang-ku, plantações e casas foram danificadas pelas águas das enchentes. Nas casas de Wên-têng, mais de 4.000 acres de terra foram danificados.
    No período entre 23 de agosto e 21 de setembro, as inundações atingiram a província de Kiangsu em T’ai-ts’ang e Hsiao; e Chekiang (atualmente província de Zhejiang) na costa leste da China em Chia-hsing.
    Durante o período entre 22 de setembro e 20 de outubro, as inundações atingiram a província de Shantung em Hsin e Lin-ch’ing.
    Em 1653, no período entre 6 de maio e 8 de agosto, uma seca envolveu Hopei (atualmente província de Hebei) no norte da China, para Yüeh-t’ing. Durante o período entre 8 de agosto e 8 de novembro, uma seca varreu Chekiang (atualmente província de Zhejiang) na costa leste da China para Hai-ning e Kiangsu (atual província de Jiangsu) na costa leste da China para Kao- yu.

    Em 1653, houve uma seca muito forte perto de Xangai, na China. A seca causou fome.

    ———————
    Tradução google.

    Vejam como as chamadas “mudanças climáticas” já aconteceram antes, é um ciclo que se repete. Apesar da tecnologia de produção, transporte e armazenamento ser melhor hoje do que foi no passado não estamos livres das consequências deste evento. Pelo simples fato que a população mundia a ser alimentada é muito maior.

    A alimentação vai subir de preço no mundo todo e naturalmente a esquerda vai querer falar que é culpa do Mito.

    É mais ou menos como uma frase do DelfiM Neto sobre o Lula enfatizando o crescimento do Brasil, só que neste caso seria ao contrario: “O oceano subiu e o Lula pensa que foi por causa dele.”

    A unica coisa que pode ser feita é ir se preparando para destinar uma parte maior do orçamento para a alimentação. Pois vai ficar bem mais caro do que é hoje.

    7+

    • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 09:47

      É mais ou menos como uma frase do DelfiM Neto sobre o Lula enfatizando o crescimento do Brasil, só que neste caso seria ao contrario: “O oceano subiu e o Lula pensa que foi por causa dele.”

      HUE HUE HUE BR BR

      Lembrei do PXdPF. Tinha uma estória parecida.

      4+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 09:11

    Eu acho que estamos exportando mais uma ideia:

    https://renovamidia.com.br/bombeiro-voluntario-da-australia-acusado-de-provocar-incendios/

    Várias pessoas foram detidas nas últimas semanas por queimadas na Austrália.
    A polícia da Austrália acusou, nesta quarta-feira (27), um bombeiro voluntário de provocar deliberadamente sete incêndios, antes de se unir aos esforços para combater as chamas.

    O bombeiro, de 19 anos, é acusado de atear fogo intencionadamente em locais da costa de Novas Gales do Sul, o estado mais afetado pelos devastadores incêndios florestais que assolaram o litoral australiano entre outubro e novembro.

    4+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:12

      Para depois alegarem aquecimento global e mudanças climáticas.
      kkkk

      4+

    • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 09:13

      Nóis semu ratins di laboratóriu…

      2+

  • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:17

    Joaquin Teixeira da Silva
    3 min ·
    PAGA 40 REAIS EM MACONHA MAS PRA COMPRAR CARNE TÁ ACHANDO CARO. ESTAMOS DE OLHO.

    16+

    • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 09:18

      😂😂😂

      Seria cômico se não fosse trágico.

      3+

    • Sir Scemo 1 de dezembro de 2019 at 09:28

      Bom dia.

      Basta plantar a própria carne hehehe

      2+

      • Nilson 1 de dezembro de 2019 at 14:10

        Humm. Deve ser por isso que meu pai tinha galinheiro no quintal até a década de 90

        2+

  • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:27

    Gobierno arrecadando mais nominalmente.
    Vamos ver quanto ficará o déficit fiscal desse ano. Estão prometendo déficit de 80 bi. No começo do ano era 100 bi a previsão.
    Em 2018 foram de 120 bilhões.

    3+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 09:28

      Dilmoca em 2016
      -161 bi

      4+

    • Sir Scemo 1 de dezembro de 2019 at 10:13

      Não que fosse factível, mas acho que a “promessa” do Guedes era de zerar, não?

      https://outline.com/wHGx8g

      2+

      • Um dois 1 de dezembro de 2019 at 10:57

        “Shoot for the moon. Even if you miss, you’ll land among the stars.”

        4+

        • Sir Scemo 1 de dezembro de 2019 at 11:19

          É uma opção, mas como objetivo pessoal.

          Em negociação vale aquilo do prometer um pouco menos do que realmente vai entregar.

          1+

          • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:30

            NOPE

            Prometa muito, o impossível e trabalhe ferozmente pelo possível.

            3+

            • Sir Scemo 1 de dezembro de 2019 at 13:44

              Na política, né? No dia-a-dia entregar menos do que prometido é sinal de incompetência.

              2+

              • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:48

                No dia-a-dia o pessoal simplesmente NÃO ENTREGA.

                6+

      • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 15:51

        Faltou combinar com os russ… digo, parlamentares.

        2+

  • Hidden (aquele) 1 de dezembro de 2019 at 09:48

    Bom dia mukis, bom domingo… Barnakowski acordando cedo … o churrasco no bitch volley e SÁBADO… que vem mermao!!!

    Vc tá um dia atrasado e uma semana adiantado… parece o seu mukis que ficam histéricos com qq mexidinha na economia!! Eita

    Dito isso, fui jogar um volley e depois breja e churrasco!!!

    Ahhh… com trilha musical = https://m.youtube.com/watch?v=oKeTvtvF8JM

    1+

    • Hidden (aquele) 1 de dezembro de 2019 at 09:48

      Fui, inte.

      1+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 09:52

    https://renovamidia.com.br/ernesto-araujo-nao-descarta-que-brasil-saia-do-mercosul/

    “Não podemos dizer que é um projeto inquestionável, que vai durar para sempre”, diz Araújo sobre o Mercosul.
    O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou, nesta segunda-feira (25), que uma saída do Brasil do Mercosul não está descartada pelo governo do presidente da República, Jair Bolsonaro.

    Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o chanceler explicou que a vitória do peronista Alberto Fernández para a presidência da Argentina pode mudar a visão brasileira sobre o bloco econômico.

    “O Mercosul não é apenas um nome, uma bandeira hasteada. Se o projeto é desvirtuado, precisa ser repensado”, afirmou.

    Araújo acrescentou que “aparentemente, há na Argentina uma visão profunda que vai contra os postulados básicos do Mercosul”.

    “Apostamos no Mercosul e isso vinha dando certo com a Argentina do Macri. Não podemos dizer que é um projeto inquestionável, que vai durar para sempre, aconteça o que acontecer”, completou.

    5+

  • Tecelão 1 de dezembro de 2019 at 09:54

    Bom dia , para os Nostradamus do apocalipse por causa do preço da carne e afins . Meu trabalho é na rua, tet a tet com o mundo real e não atrás de mesa ou tv . Esse final de ano começando de agosto foi uma loucura para entregar os pedidos e ainda estamos com problemas para atender dezembro. Pela primeira vez depois de muitos anos estou vendo a empresa que trabalho começando a investir para a demanda do próximo ano.
    No quesito carne , tem a ponta de peito que é muito mais barato e saborosa que um mignon ou picanha.
    Aprenda , faça e comprove.
    Bom domingo e um dezembro abençoado a todos .

    15+

    • Neco 1 de dezembro de 2019 at 09:58

      A fabrica que minha esposa trabalha não confirmou as tradicionais ferias de Natal, pois acha que não consegue entregar todos os pedidos a tempo, e o planejamento é de expansão para o próximo ano.

      10+

    • Manco 1 de dezembro de 2019 at 09:59

      Fazia tempo que eu não tinha dinheiro para gastar, estou sofrendo para gastar USD500k agora no fim do ano e tenho que gastar USD5mi no primeiro semestre de 2020, vai ser uma loucura

      4+

      • Manco 1 de dezembro de 2019 at 10:00

        Gastar = investimentos na empresa, sou assalariado

        2+

  • Tannhauser 1 de dezembro de 2019 at 09:57

    Não entendi a lógica. Por que desvalorizar a moeda irá diminuir a dívida do Governo?

    1+

    • Neco 1 de dezembro de 2019 at 09:59

      Diminui a divida quando baixa o juro, a desvalorização da moeda é consequência, não causa.
      E não é que diminui, apenas aumenta mais devagar.

      4+

    • Um dois 1 de dezembro de 2019 at 10:59

      A maior parte da dívida é em real.
      Espera o dólar chegar em 5 e vende as reservas…

      2+

    • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 11:49

      Enquanto a arrecadação aumenta, em termos nominais, as despesas (principalmente, folha salarial), fica como está. Ou seja, menos déficit primário. Talvez, até, retorno do superávit primário, o qual poderá ser usado para abater a dívida.

      Enquanto isso, com os juros reduzidos, a dívida cresce menos. Se o supéravit primário for expressivo, poderá haver, até mesmo, superávit nominal (efetivamente reduzindo a dívida).

      Além disso, tem o que o @um dois colocou: vender as reservas com o USD alto.

      2+

      • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 12:21

        ERRATA: Esse negócio de “vender as reservas para abater a dívida” não é tão simples. Vejam o Art. 164 §1 CF:

        https://www.senado.leg.br/atividade/const/con1988/con1988_03.07.2019/art_164_.asp

        § 1º É vedado ao Banco Central conceder, direta ou indiretamente, empréstimos ao Tesouro Nacional e a qualquer órgão ou entidade que não seja instituição financeira.

        Dado que as reservas estão com o Banco Central, e a dívida, com o Tesouro Nacional, existe um impedimento legal para isso.

        O que poderia ser feito, é o BC contabilizar a venda como lucro e, só então, repassar o dinheiro para o Tesouro, como dividendos. Todavia, isso implica um delay considerável, que pode chegar a um ano.

        É algo a ser passado a limpo.

        1+

  • Saigon 1 de dezembro de 2019 at 10:17

    Bom dia.
    A Receita está mandando o recado: estamos de olho.
    https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/12/01/operacoes-com-criptomoedas-informadas-a-receita-somam-r-14-bilhoes-em-dois-meses.ghtml

    Para quem viveu nos anos 80 a “crise” de hoje é muito melhor que podíamos sonhar naquela época.

    1+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 10:23

      “tem um agravante
      a economia informal sempre se virava com o cash (papel moeda) . Dinheiro á vista.
      Agora com o crescimento e advento dos pagamentos no cartão de débito e crédito a RFB e o Estado como um todo terão mais controle e
      abocanhadas nesse setor da economia. Cada vez mais complicado “dibrar” o sistema.’

      A RFB fez um trabalho de formiguinha com as exchanges nacionais. Simplesmente controlam todo o fluxo de depósitos e saques dos valores das contas bancárias e possuem o CPF de todos os cadastrados.

      5+

    • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:31

      É exatamente a minha visão, Saigon. Jamais ficaremos ruins como no passado. Somos vacinados, o país mecanincamente tem meios de fuga da crise.

      1+

      • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 13:37

        Sério, gostaria de ter essa certeza…

        2+

        • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:52

          A tecnologia fez com que muita coisa que era cara e difícil hoje tenha valor zero. Isso pesa na conta em uma crise. Passe o olho em sua casa e verifique mentalmente.

          1+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 10:53

    Agora vai:

    O governo Bolsonaro conseguiu convencer alguns dos maiores bancos do país a fazer um mutirão a partir de segunda-feira para renegociar dívidas de clientes em atraso. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os débitos serão negociados em condições especiais, com descontos que podem chegar a 90%.

    O Banrisul é um dos bancos.

    O mutirão faz parte de um acordo de cooperação com o Banco Central, e vão participar Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú e Santander. De 2 a 6 de dezembro, mais de 200 agências bancárias dessas instituições em todo o país vão ficar abertas até as 20h (veja a lista de agências ao final desta reportagem). Além de renegociação de dívidas, será possível obter orientação financeira.

    A entidade afirmou que o percentual de desconto será decidido por cada instituição. Os bancos poderão negociar, ainda, parcelamento, extensão do parcelamento e nova linha de crédito com juros menores, entre outros.

    do PB.

    1+

    • Manco 1 de dezembro de 2019 at 10:57

      e vai fazer bancário trabalhar até as 20h? cadê os direitos dessa gente meu? isso é exploração, é escravização da classe trabalhadora

      4+

      • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 11:13

        Caloteiro sempre se dá bem.

        9+

        • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 11:42

          🎵 Uma vez zoada… 🎵
          🎶 Sempre zoada… 🎶
          🎵 Banânia sempre hei de ser… 🎶

          2+

          • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 11:46

            Hino ECA

            4+

            • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 11:53

              Mwahwahwahwahwa!!!

              A mais genuína expressão da cultura bananense.

              Aliás, podia ser adotado “dilma vez” como Hino da Banânia, com algumas poucas adaptações.

              O Hino atual, seja a versão republicana (“Ouviram do Ipiranga…”) ou a versão monárquica (“Negar de Pedro as virtudes…”) está bom por demais, não refletindo a realidade.

              0

    • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 11:59

      Pudera!!! esse povuuu aí….já pagou estas dívidas trocentas vezes no quesito juros…até poderia ser 100% de descontos…mas é chuva no molhado!!não vai mudar nada!! claro vai dar uma bombada pra as comprar de fim de ano…mas depois as dívidas impagaveis retornaram pra esse mesmo povuu ai…(tá no DNA)..

      9+

      • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:15

        *retornarão…

        2+

  • Simons 1 de dezembro de 2019 at 11:01

    First após prova!

    2+

  • g.w. bush 1 de dezembro de 2019 at 11:43

    Bom dia folks!

    Tópico totalmente excelente Barney. Parabéns!

    Para a média da população esse final de ano será melhor que o ano passado. Mais panetone, mas cidra e mais Skol litrão. Essa é a realidade.

    5+

    • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:26

      LIKE, mr. President! vimos o caos da black fraude, dezembro promete…

      2+

  • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 11:56

    Bom dia a todos!! então vejamos!!! Guedes esta´sendo ousado e perigoso com essa suba do dólar do jeito que está indo…na prática saldo da balança comercial deverias estar nas alturas , mas não é o que ocorre…tanto é vdd que o Ministério da Economia teve um “erro amador! e o saldo da balança comercial veio negativo , notando esse “erro” eles “corrigiram” seria erro de cálculos …essas “contabilidades” eu já vi este filme antes!!! Agora….a balança comercial é que vai ditar se está certo ou errado essa política do Gudes( eu desde já estou torcendo a favor) devemos ter foco nesse “departamento” daqui para frente para ver no que vai dar…mas nada de contabilidade criativa….

    5+

    • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 11:56

      Tava de castigo?

      2+

      • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:00

        rsrsrs…nah!!!…negócios!!

        1+

        • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 12:03

          Hmmmmmmmmmmm

          Acabou de pintar a 🏠 ?

          1+

          • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:13

            tô nas janelas parte final…as portas e o resto já foram!!!…tem um querendo alugar outro querendo comprar..tô vendo o que faço!!! …

            0

            • Sir Scemo 1 de dezembro de 2019 at 12:19

              Aluga metade e vende metade. Faz preço médio hehehe

              2+

              • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:26

                rsrsrs…ilha depois de todo reformado até sinteco passei nos parquês, troquei os 2 vasos sanitários , colocquei 2 janelas basculantes de alumínio branso nos 2 banheiros , troquei todos os bicos de luz, interruptores,fios ,etc,etc.. coloquei porcelanato …acho que vou vender…mas tô vendo…Sir a tua idéia não é má!!!rsrsr

                4+

  • Enoch Root 1 de dezembro de 2019 at 12:18

    Eu compartilho parte das preocupacoes do Rodrigo com o PG. Eu acho q esses chicaguistas sao somente uma versao bem light de comunismo. Especialmente preocupante eh o fato deles nao se preocuparem muito com a moeda (o q faz sentido se vc estah nos EUA e tem a moeda de reserva do mundo apoiada pelo melhor poderio militar… jah se vc esta no Bananistão…).

    No entanto, ele esta certo em escolher alguma coisa para nao controlar entre cambio, juros e inflacao. Eh impossivel controlar os tres ao mesmo tempo. Se fosse eu, na impossibilidade de um padrao-ouro (ou padrao-dolar), controlaria cambio e inflacao e deixaria os juros se ajustarem, mas nao esquecam que (1) juros baixos sao desejo (e promessa) do Bolsonaro; (2) ele herdou o cambio flutuante e esta seguindo o caminho do menor esforco, se concentrando nas reformas.

    Eh claro q um chicaguista eh melhor q toda a heterodoxia que tivemos nos anos 1980. E tb eh melhor q um neoclassico raiz. Considerando a escassez de monetaristas com colhoes para assumir a bronca, ainda acho q o PG (assim como o Bolsonaro) eh o q tem para o momento… se ele entregar as reformas e nao explodir o cambio (e jah mostrei q tah longe disso) jah ta de bom tamanho…

    5+

    • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:35

      Olha, sabemos que quem manda de fato por aqui são os bancos…e eles já estão chiando com essa baixa de juros…ficamos no aguardo..ali em cima postei algo sobre a balança comercial..sabemos que o remédio é amargo só não pode matar!!!

      2+

    • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 13:21

      Enoch, claro que é o caminho do menor esforço.
      Só que empobrece a população que já empobreceu nos últimos anos.

      1+

      • Rodrigo 1 de dezembro de 2019 at 13:22

        Além disso, vai fazer a classe trabalhadora pagar pelo desfalque estatal.

        1+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 12:19

    Muito importante esse vídeo, e eu nem dou fã dele.

    Mas ele explica pq a telefonica está saindo da América latina, menos do Brasil:

    1+

    • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:32

      pois é…vi esse vídeo ai….pergunta de 1 milhão de dólares!!! quais as informações que eles sabem que nós não sabemos?…

      2+

      • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 12:38

        👀 Boa pergunta…

        México, Argentina, Chile, Equador são óbvios. Perú, não entendi.

        Também não entendi o porquê de não saírem da Banânia (cheia de bombas orçamentárias deixadas pelos petralhas – sem contar os meretríssimos e a politicalha – e ainda tem a CM88).

        1+

        • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 12:41

          pois é…….como simples mortais….ficamos no aguardo!!…

          2+

        • Neco 1 de dezembro de 2019 at 12:41

          Olhem com atenção a situação destes países. Nós estamos muito melhores.

          O que eles sabem, é que estes países vão quebrar, simples assim, e isso por decisão dos globalistas.

          3+

        • Enoch Root 1 de dezembro de 2019 at 12:43

          Nao vi o video. Mas considerando os governos da AL, se vc quer ter alguma presenca por aqui, o Brasil eh o menos pior (jah que o Chile tah daquele jeito)…. pode ser isso.

          2+

          • Manco 1 de dezembro de 2019 at 13:01

            Lembrei do Enrique Bañuelos

            0

  • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 13:30

    Interessante. Mas, era para divulgar isso?

    5+

    • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:32

      Podemos exportar, não há impedimento para uso pacífico de isótopos radioativos. E TEMOS de fazer público, pra evitar crítica externa.

      3+

    • bolhadetz 1 de dezembro de 2019 at 18:41

      Agora os elenão surtam de vez. imagina Biroliro com a bomba.
      De vez em quando penso se não vão escolhendo temas só pra pautar a mídia e deixarem eles trabalharem em paz. No estilo: tem um grupo de zap do governo. Pessoal essa semana vamos falar que o merthiolate vai voltar a arder e o Sadol vai voltar a ter álcool. Aí os elenão abortista ficarão loucos dizendo que prejudica as crianças.

      2+

  • Mineirausfall 1 de dezembro de 2019 at 13:35
    • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:36

      H E I N ?

      0

    • MrCitan 1 de dezembro de 2019 at 14:22

      Peraí: 5 mil almas em baile funk na rua?
      Que maravilha! Claro que vai dar certo, pode confiar.
      E tem gente que paga quase meio milhão de pilas pra morar perto dessa sucursal do inferno.

      4+

    • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 16:06

      Infernópolis.

      2+

    • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 17:53

      Baile funk, ECA

      1+

  • O Poeta da Bolha 1 de dezembro de 2019 at 13:47

    Artigo excelente, Pequeno Barnabé.

    Também nasci na fatídica década de 1980 – sou um modelo vintage, diriam as moçoilas do ano 2000 -, e tenho lembranças nítidas de como se sustentar materialmente era bem complicado, ainda mais para pobretões como meus pais, que mal sabiam o que era dólar e acreditavam que “overnight” era nome de boate chique…

    Eu me pergunto como foi que conseguiram dar base moral e educação humilde, mas decente, para duas crianças, com uma inflação digna de pós-guerra e, depois, confisco de poupança; apenas isso me faz respeitá-los.

    Além do mais, trataram-se de sandices republicanas, e não imperiais (alô, Mr. Citan).

    Em tempo: confio no Guedão, mas bem que ele poderia chamar alguém da Escola Austríaca para o time, só para desbaratinar.

    6+

    • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 13:51

      Falta um pouco mais de clareza no pessoal do guedes, com certeza. Mas acho que tá indo certinho.

      E isos, Poeta, é o lance: Meus pais fizeram o diabo pra nos sustentar e dar educação. Os pais de hoje não querem isso, e criam esses filhos molengas, low energy (outro momento falo disso) e sem vontade de viver. Os mesmos que ficam nos enchendo o saco com nunas nivres, amazonia, aborto…etc.

      8+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:00

        Bingo Master Plus !
        Cambada de frouxos.
        Afronhados.

        4+

    • MrCitan 1 de dezembro de 2019 at 14:17

      Com o fim do Império, teve fim o que mais poderia proteger os pobres no que diz respeito ao dinheiro: O Padrão-Ouro.

      Estas sandices republicanas com o dinheiro vem desde o primeiro ano da república, com o tal do Encilhamento, a primeira bolha que tivemos.

      Com o que vai acontecer com a Argentina, que será congelamento de preços e gatilhos salariais, não duvido que algum infeliz irá querer repetir isto num futuro tao distante, dizendo que desta vez vai ser diferente.

      6+

  • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:03

    CVR
    Estava no supermercado. Big Xaxim. Reformado .
    Lotado.
    Praça de alimentação ? Lotada. 20 minutos de espera para uma mesa.
    Compras ? Carrinhos médios. Nos carrinhos em sua maioria: Cerveja, Maioria Bud, Carne, Linguiça, Pão de Alho, Carvão e Refri.
    Algumas senhoras com carrinhos maiores. Produtos de limpeza.
    Bife de coxão mole: 32,90 o quilo.
    Contra Filé sem osso: 27,90 o Kg. (me surpreendeu)
    Chester 18,90 o Kg.
    Frango (filé de peito) 8.99 o Kg. Copacol.
    Informou o Radar Pandeiro de Supermercados . 😉

    14+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:08

      Bacon Fatiado tudo 12,90 a cartela de 200 gramas.
      Pamplona, Seara e Great Value.
      Sadia estava R$ 17,90.
      ARDAM !
      Não comprei.
      Só compro na promoção.

      3+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:10

        Fígado Bovino R$ 4,00 o quilograma. (patroa é anêmica, comprei) kkk
        Barriguinha do Porco R$ 4,50 o Quilo. Comprei para fazer torresmo na Air Fryer.
        Tem que ser criativo.
        Amanhã feijão preto no almoço, arroz e ovo frito. Ovos e frango caipira ganhei da minha mãe. Fubá ganhei tb lá de SC.
        Não sei na casa de vocês. Mas na minha a comida brota. Sempre ganhando algo de alguém.
        Será que é a simpatia ? kuaaa

        4+

        • Manco 1 de dezembro de 2019 at 14:13

          Gente com família grande e tradicional sempre ganha mesmo, eu tenho que ficar implorando para não ganhar coisas as vezes, não deixo minha tia fazer o meu prato senão eu morro estufado de overdose de arroz e feijão eheheh

          Obs. um fígado bem temperado na brasa fica bom pra caramba

          3+

          • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:14

            kkkk
            Na família tradicional e exagerada BRASILEIRA I TRUST !

            1+

            • Manco 1 de dezembro de 2019 at 14:19

              Tia: menino come, tem arroz, feijão, carne…
              Eu: obrigado tia, acabei de jantar
              5 min depois chega ela com aquele vulcão em cima do prato, cara eu já aprendi, sento na mesa e já mastigo alguma coisa para mostrar que estou em atividade rs

              5+

              • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:22

                kkkkk
                Minha avó era assim.

                1+

    • Manco 1 de dezembro de 2019 at 14:10

      E o feriado que passou então? Lotado, fazia tempo que não via assim, teve gente que fez Sorocaba – Ubatuba em 18h e mais 20h para voltar. Eu acordei segunda feira às 8h e o trânsito ainda estava parado, subi a serra meio dia e peguei um leve trânsito.

      No fds passado eu estava em Paraty e estava bem cheio, não sei se é normal daquele jeito ou se foi por causa do Flamengo na final da libertadores.

      3+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:12

        pessoal tá com vontade / intenção de gastar novamente
        Casal na minha frente falando alto. “É tá na hora de gastar novamente !” “Eu gasto mesmo!”
        kkkk
        P.S. Emitindo mais passagens agora para o Carnaval 2020.
        Curitiba x Galeão por R$ 270,00 ida e volta. Pessoal comprando !
        GASTEM MALEDETOS !

        8+

        • Manco 1 de dezembro de 2019 at 14:14

          O lance dos imóveis, amigo foi mandado embora da Gafezes, entrou em uma outra que esqueci o nome, os caras estavam aumentando de 07 para 20 canteiro de obras, a maioria condomínios de studio (kit net), vai entender.

          2+

          • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:16

            As construtoras estão retomando. Tijolo vai ter. Vamos ver como se dá o processo em 2020/2021. Como estão comprando / pagando.

            1+

          • Barnabezinho 1 de dezembro de 2019 at 16:03

            Manco, depois que a PMERJ começou a meter bala nos traficantes de Angra, a coisa acalmou e o pessoal começou a sentir mais firmeza de ir a Paraty.

            3+

    • MrCitan 1 de dezembro de 2019 at 14:13

      Ontem eu sabia que o atacarejo estaria lotado se eu fosse mais cedo.
      Portanto deixei pra ir quase na hora de fechar.
      Pra matar o tempo e comer um petisco, fui ao shopping, e adivinha: movimentado.
      Praça de alimentação: Sem chance!
      Voltei para as compras, e preferi fazer em casa um hambúrguer gourmet que tava na promoção.
      Até breve, shopping. Nos vemos quando eu precisar de algo.

      7+

      • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 14:22

        GASTEM !!! GASTEM !!! GASTEM !!!

        4+

  • Manco 1 de dezembro de 2019 at 14:23

    Será que final de ano na Globo vai ser assim?

    11+

  • Rentista Vagabundo 1 de dezembro de 2019 at 14:36

    Boa tarde turma.
    E aí acabou a sessão Apocalipse? País que já teve inflação digna de Venezuela, IPCA está abaixo de 3% e tão reclamando? Tomanocu, tapariu, sifude…..

    11+

  • MrCitan 1 de dezembro de 2019 at 14:39

    Bom tópico Barna.
    Negada toda tá fazendo escarcéu sem necessidade, por conta do preço da carne.
    Nem preciso voltar longe nos tempos que o Funaro mandava pegar boi no pasto. Basta lembrar dos tempos que o tomate tava em falta, ou que o quilo de feijão tava mais caro que gasolina premium.
    Essa época braba passou, e estamos todos aqui.
    Negada não sabe o que é dureza, ter que pegar o salário e no mesmo dia correr para o mercado fazer estoque.
    Ou ir com os pais na fila do leite, pra ver se consegue levar o maior número possível, com o dinheiro que tinha na mão.
    Vou falar pra vocês, comparado com os dias atuais, os anos 80 eram show, exceto pela inflação e atraso tecnológico de hoje.

    Quanto ao dólar, não tem jeito. Banânia é muito travada, e botar um chicaguista pra desamarrar as coisas daqui, é como se botassem o David Brasil pra fazer um monólogo shakesperiano: Vai indo, mas vai nos trancos e barrancos.
    Aliás, com o congresso e a constituição (ambos pragas socialistas de merda), tá tirando leite de pedra.

    O jeito é seguir o mantra ensinado por aqui: Sempre tenha um plano B, e se tiver um plano C, melhor ainda.

    8+

    • Manco 1 de dezembro de 2019 at 15:00

      Meus pais sempre me deixavam na fila da cerveja :), eu estava explicando para os mais jovens que eu semana passada, sim tínhamos que nos programar para comprar a cerveja do mês e toda casa tinha o espaço de pelo menos um engradado na área de serviço. Quando fazíamos festa era um tal de emprestar engradado, planejamento de no mínimo um mês de antecedência.

      3+

  • Alfinete da bolha 1 de dezembro de 2019 at 14:48

    Off topic: algum bolhista sabe exatamente onde fica o museu do Dodge de propriedade do Badolato?

    1+

    • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 17:58

      Ele já falou, não lembro. Mas infelizmente não é aberto ao público.

      Interior de SP.

      1+

      • Alfinete da bolha 1 de dezembro de 2019 at 19:46

        Pois é, já assisti vários vídeos dele mostrando os carros mas não consegui precisar o local. Tem alguns videos gravados na estrada Campinas-Mogi Mirim.

        1+

        • bolha buritis 1 de dezembro de 2019 at 20:20

          Seria um excelente passeio e ele quer abrir o museu, mas ainda não tem infra estrutura.

          1+

  • Nonada 1 de dezembro de 2019 at 14:51

    Boa Tarde, FOLKS!

    Quanto ao câmbio, ainda que nos afete perniciosame, sou favorável à elevação do USD, pois do contrário nossa indústria sucumbe de vez e sem indústria não há prosperidade.

    Ainda que haja teóricos que neguem a existência de doença holandesa na Banânia, penso de modo contrário.

    Então, Senta A Pua Guedão!

    3+

  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 15:03

    Esse tw deveria ter estado no boteco da Black fraude:

    Vamos rir um pouco? https://t.co/aMy8HkLYaU

    2+

  • Sapato Furado 1 de dezembro de 2019 at 15:11

    Boa tarde!
    Fui no açougue hoje de manhã, e foi dito que os chineses vieram e compraram os novilhos da região (RS) e com 10% de acréscimo do que normalmente eram vendidos.
    Tudo em função do fator externo das carne suína contaminada.

    Ou seja, FATOR EXTERNO e o qual NÃO PODEMOS CONTROLAR.
    A saída seria uma alta do preço favorecer a entrada de novos produtores de carne e isso gerar uma maior concorrência, e atendimento de demanda interna e externa.

    Eu fico impressionado como um suspeito infltrado esquerdalha consegue ganhar 7 likes fazendo terrorismo aqui.
    VTNC!!!

    Até eu que tenho minhas críticas ao governo não fico doidão como alguns, que vem um novo apocalipse a cada semana. Vão se tratar, meus filhos (esses malucos).

    Fui!!!

    26+

    • Nilson 1 de dezembro de 2019 at 15:21

      Até mesmo que produzir boi é rápido né. SQN. Ainda mais qdo produtores já abateram maioria das vacas pra compensar prejuízos passado.

      5+

      • Neco 1 de dezembro de 2019 at 16:50

        É bem complexo, pois quem tem são os grandes e eles não vão vender matrizes a menos que seja por muito dinheiro, daí os médios e pequenos não podem comprar. Ou seja vai demorar muito mas muito para retomar o rebanho de alguns anos atrás.

        1+

    • miltin 1 de dezembro de 2019 at 16:27

      Isso mesmo. Uns aí estariam confortáveis no politburo.

      4+

  • BoboEndividado 1 de dezembro de 2019 at 15:28

    CVR passagens
    Aproveitando as promoções das companhias aéreas na black friday comprei passagens pro nordeste. Dois passageiros, ida e volta, Total 592 com taxas. Ótimo preço. Aí a companhia pergunta se vai levar malas, claro, 60 reais em cada trecho, Total 120 reais. Então o Total Total é 712 reais. Aí a companhia pergunta se deseja escolher onde vai sentar, claro, dois passageiros esperam sentar juntos na viagem. 30 reais por passageiro e trecho, Total 120 reais. Total Total Total das passagens, 832 reais.

    Essa é uma estratégia de marketing, primeiro a companhia faz o cliente se comprometer com as compras, depois adiciona itens para aumentar o markup até um preço que, se fosse dado inicialmente, possivelmente a pessoa recusaria. Neste caso foi um aumento de 40%. O valor final ainda está razoável, mas é bom ter em mente esse aumento sempre que pesquisar passagens e desejar o conforto de levar uma mala e escolher onde sentar.

    4+

    • From_the_tower 1 de dezembro de 2019 at 15:46

      Maioria dos meus clientes nem compra mais bagagem despachada para trechos nacionais . Se viram com a mala de 10kgs+ 01 mochila nas costas . Ou compram apenas 01 mala para o casal.
      Marcação de assento!? Não precisa. Marca no dia do check in . Alguns voos é possível marcar sem custos. Não custa tentar.

      3+

      • BoboEndividado 1 de dezembro de 2019 at 15:58

        Sim, From. Como eu disse, é um conforto, de viajar com tranquilidade sabendo que vai levar uma mala e com o número do assento definido. Mas esse conforto está custando 40% a mais, é bom ter isso em mente.

        4+

        • From_the_tower 1 de dezembro de 2019 at 16:09

          Sim. Fato.

          1+

          • BoboEndividado 1 de dezembro de 2019 at 17:28

            Está demorando a aparecer o vôo em pé, mais uns anos e deve virar realidade. Quem quiser pague a mais para voar sentado
            https://airway.uol.com.br/companhia-de-baixo-custo-ryanair-desiste-de-voar-no-brasil-por-causa-da-corrupcao/voo-em-pe/

            2+

            • bomberman 1 de dezembro de 2019 at 19:13

              Lembro de uma palestra no IAB, na qual um funça da ANAC falava que o fim da gratuidade das bagagens seria acompanhada de uma redução de preços nas passagens, olhei pro meu amigo, ri e disse que não iria diminuir porra nenhuma, enquanto não permitissem maior participação de capital estrangeiro nas cias aéreas (tava no começo do governo temer, ele acabou aprovando posteriormente), o funça só olhou pra mim com um ódio – pensa naquelas cenas de pego você lá fora, tá fudido, pois é, foi isso mesmo, bem ridículo.
              Daí, eles acabaram e logo o povo começou a reclamar dos preços kkkk
              Hoje, queria encontrar esse funça e dizer que, além de bbk e burro, é otário.

              Primeiro mandamento do empresário bananense: Culpe sempre a carga tributária, nunca a sua ganância.

              3+

  • BoboEndividado 1 de dezembro de 2019 at 15:31

    “Tomar sol no períneo virou febre” está na capa do UOL, eles nos lêem

    3+

    • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 16:26

      Tomar sol no períneo, homem usar saia, mulher usar cueca, homem usar lingerie…
      Se está no uó, então é verdade.

      1+

    • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 16:30

      Quando eu quiser mandar alguém tomar naquele lugar, acho que vou dizer: “Vá tomar no períneo”.

      1+

      • bolhadetz 1 de dezembro de 2019 at 18:52

        Puxa vida, acabaram com o ditado: “Vá tomar onde o sol não bate”. Um xingamento a menos no mundo e ninguém se importa….

        4+

        • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 19:27

          Tem gente que anda tão fácil, que até o sol bate onde não deveria.

          1+

        • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 19:32

          Velhos xingamentos somem, novos xingamentos surgem.

          1+

  • BoboEndividado 1 de dezembro de 2019 at 17:50

    O plano do PT era perfeito, trocou a dívida externa pela dívida interna, deixando a dívida interna explodir com juros bem mais altos e gerando inflação com a emissão de novos títulos e aumento da base monetária. A inflação corrói o poder de compra do povo, e criaria-se a Caderneta do Povo para permitir comprar pelo menos o básico. Com o controle de votos nas urnas com biometria, quem votasse contra o partido teria a Caderneta do Povo suspensa. Com isso teríamos uma ditadura democrática, modelo implementado com sucesso na Venezuela.

    14+

    • From_The_Tower 1 de dezembro de 2019 at 18:01

      e no ínterim da destruição da moeda e das bases da produtividade… a elite governamental pode alegar uma série de absurdos: desapropriações, assumir negócios quebrados, inventar moda , malabarismos oportunos, etc. Fazendo com o que povo fique cada vez mais dependente do Estado. na Venezuela deu certinho.
      18 anos. Uma geração para eles tomarem conta.

      8+

    • Mr. Mxyzptlk 1 de dezembro de 2019 at 18:02

      Eu lembro que no Iraque, pouco antes da segunda invasão, houve uma eleição que deu 100% dos votos para Saddam. O voto era aberto, e assinado com o próprio sangue (literalmente).

      3+

  • civilizado 1 de dezembro de 2019 at 18:49

    Para quem gosta de ações de bancos para investimento se cuidem com essa ferramenta os clientes terão uma ótima ferramenta…a concorrência vai predadora!!
    https://www.euqueroinvestir.com/open-banking-e-nova-arma-do-bc-para-atacar-taxas-de-juros-dos-bancos/

    2+

  • Axio 1 de dezembro de 2019 at 19:00

    OFF, Nibiru é passado.
    Chega 16 Psyche, Kek.

    https://finance.yahoo.com/news/why-gold-headed-zero-buy-223310213.html

    2+

    • Enoch Root 1 de dezembro de 2019 at 21:20

      Essa eh otima!

      Nao comprem ouro pq tem um asteroide que a gente acha que estah cheio de ouro e a gente acha que vamos conseguir chegar nele em 2026 e a gente acha que a mineracao comercial dele vai derrubar o preco do ouro…

      Tem gente que nao paga imposto para falar bobagem…

      Ele ateh disse algo que preste: nao comprem ouro pq tem coisa mais rentavel. Eu poderia defender isso… Mas aih o cara resolveu se perder no asteroide…

      3+

      • Neco 1 de dezembro de 2019 at 22:28

        Pior é que tem gente que acredita nisso.

        Breve vamos habitar em outros planetas.
        Breve viajaremos para outras galáxias.

        A questão é que esses breves podem levar milhares de anos….

        1+

        • Enoch Root 1 de dezembro de 2019 at 22:32

          Exato.

          Eu, por exemplo, nao estou comprando casa/apto/terreno pq, qdo estivermos colonizando outros planetas, o preco aqui vai cair substancialmente… Isso vai para alem do estouro da bolha… 😉

          Ainda mais com os efeitos das mudancas climaticas… Quando a Terra ficar inabitavel (segundo a santa Greta, em 10 anos mais ou menos), nenhum pedaco de chao vai valer um vintem furado… Melhor comprar creditos de carbono…

          3+

          • Neco 1 de dezembro de 2019 at 22:39

            Casa de praia então, não vale nada, só trouxa que compra, pois o mar vai subir uns 7 metros a qualquer momento. Mas mas mas se não me engano um importante milionário comprou um recentemente e era uma mansão, na praia.

            1+

            • Enoch Root 1 de dezembro de 2019 at 22:46

              Mas milionario tem dinheiro apra queimar, certo?

              1+

              • Neco 1 de dezembro de 2019 at 23:09

                Ele sabe que é tudo mentira, é a mesma coisa de falar: “Breve o nível do mar vai subir”.
                Isso pode não acontecer nunca.

                1+

  • Intendente 1 de dezembro de 2019 at 20:29
  • Neco 1 de dezembro de 2019 at 22:34

    Esse link dá um tópico, de uma olhada produção:

    https://www.attivitasolare.com/i-cambiamenti-climatici-causati-dalluomo-semplicemente-non-esistono/

    Tradução Google.

    Atividade SolarATIVIDADE SOLARDINÂMICA SOLAR, CLIMA E CIÊNCIA EM TEMPO REAL
    Menu principal
    CASA
    DINÂMICA SOLAR
    A atividade magnética do Sol, as interações com o nosso planeta e assim por diante!
    CLIMA E
    clima O clima do nosso planeta, a análise de eventos meteorológicos, o status do gelo do Ártico e Antártico …
    Informações
    SÍSMICAS
    sobre os principais e mais significativos terremotos do mundo.
    VULCANISMO
    Erupções vulcânicas e informações relacionadas.
    CIÊNCIA
    e tecnologia Notícias científicas e tecnológicas, artigos educacionais genéricos.
    Espaço da
    ASTRONOMIA
    ! Artigos e informações relacionadas a estudos e pesquisas relacionadas a outras estrelas e outros planetas.
    DIVERSOS
    … tudo e muito mais!
    GLOSSÁRIO
    Lista ordenada de termos e suas explicações simples.
    Ir para o conteúdo
    CASAVÁRIOA MUDANÇA CLIMÁTICA CAUSADA PELO HOMEM SIMPLESMENTE NÃO EXISTE.
    A MUDANÇA CLIMÁTICA CAUSADA PELO HOMEM SIMPLESMENTE NÃO EXISTE.
    PUBLICADO EM 1 DE DEZEMBRO DE 2019POR ENZO RAGUSA
    image_pdfimage_print
    Por Dave Ball – 27 de novembro de 2019

    Cuidado com o aquecimento global! Não porque consumirá nosso planeta no fogo, mas porque é um cavalo de Tróia que esconde uma ameaça muito mais real, uma ameaça que consumirá nossa economia, nossa democracia e nosso modo de vida.

    Como o gráfico de temperatura do “taco de hóquei” de Michael Mann foi escrupulosamente desacreditado e desde que o Climategate excedeu os dados climáticos falsos em escala institucional há uma década, a existência do atual aquecimento global foi anulada. O mesmo se aplica ao impacto do CO2 no clima. Nenhum experimento pode confirmar seu impacto, os modelos não podem prever sua influência e dados colaterais (nível do mar, populações de animais etc.) e não confirmam uma correlação…..

    ………- o mundo está prestes a terminar), o convincente (a maneira como funcionará a seu favor – elimine o carbono e tudo ficará bem) e assim por diante. A recompensa pendente está salvando o mundo. Como em todos os trabalhos fraudulentos, o fraudador consegue o que quer e o sinal não obtém nada.

    Como todos os contras, isso parece bom para rubes. Quem não quer salvar o mundo e respirar ar puro? O problema básico, embora o mecanismo básico para eliminar o CO2 para impedir o aumento da temperatura seja real, é que ele não alcançaria o que seus seguidores pensam que poderia ser. Vamos dar uma olhada em alguns fatos.

    E se pudéssemos reduzir as emissões de CO2? Os Estados Unidos produzem apenas 15% das emissões de carbono do mundo. O resto não temos controle. Isso deixa 85% das questões em vigor depois de gastar trilhões de dólares.

    A maioria, se não todas, das grandes propostas para reduzir as emissões de carbono através da redução de CO2 são simplesmente impossíveis, impraticáveis ​​ou ineficazes. A eliminação de usinas a carvão nos Estados Unidos é apenas um exemplo. O custo do fechamento da indústria de carvão americana com consequente perda de empregos e atividades a jusante seria astronômico. Que impacto isso teria globalmente? 73% da eletricidade da Índia é gerada por usinas a carvão. A Índia não tem planos de reduzir sua produção e consumo de carvão. A Coal India Ltd. produzirá 660 milhões de toneladas de carvão no próximo ano, aumentando para um bilhão de toneladas até 2022-2023.

    Em outras palavras, se os EUA destruíssem sua economia e eliminassem toda a produção de eletricidade a carvão, qualquer redução acentuada no CO2 seria compensada pelo aumento do consumo de carvão na Índia. A Iniciativa Chinesa Belt and Road, o maior projeto de engenharia civil do mundo, incluirá 700 novas usinas a carvão. Quando estão todas em operação, essas usinas podem consumir incrivelmente 1,8 bilhões de toneladas de carvão por ano. Então, por que os Estados Unidos e o Reino Unido estão enfrentando a catástrofe em suas economias quando tudo o que eliminam será mais do que substituído em outro lugar?

    Isso então nos leva à parte final do conflito sobre o aquecimento global – qual o papel do New Deal Verde e de seus programas de descarbonização?

    Os componentes do GND são impressionantes em termos de tamanho, custo e audácia. Eles incluem propostas “modestas”, como o fechamento de toda a indústria de carvão, petróleo e gás natural, que requer a reconstrução e reabilitação de todas as habitações e edifícios, a eliminação de todos os carros e caminhões de gasolina, forçando as populações mudar para áreas urbanas, controlando a população através do aborto.

    O texto continua.

    2+

    • Neco 1 de dezembro de 2019 at 22:36

      Na hora de colar veio coisas além do necessário.

      1+

  • Enoch Root 2 de dezembro de 2019 at 00:16

    https://www.thegwpf.org/content/uploads/2017/07/Clive-James.pdf

    Muito longo. Mas muito divertido. Esse cara era o mestre…

    Soh as primeiras frases para dar agua na boca: “When you tell people once too often that the missing extra heat is hiding in the ocean, they will switch over to watch Game of Thrones, where the dialogue is less ridiculous and all the threats come true. The proponents of man-made climate catastrophe asked us for so many leaps of faith that they were bound to run out of credibility in the end”.

    Fino. Farah falta…

    0

Marcação de Comentários

Selecione a partir de qual dia e hora os comentários devem ser marcados como não lidos. Deixe a hora em branco para marcar todos os comentários do dia. Pressione CTRL + ↓ para navegar pelos comentários não lidos.

Plugin desenvolvido por Alex Silva.